Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Indústria paulista eleva estimativa de alta do PIB para 7,5%!


Indústria paulista eleva estimativa de alta do PIB para 7,5%

MARIANA SALLOWICZ - da folha.com


A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) elevou sua estimativa para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano de 6,0% para 7,5%, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira por Paulo Francini, diretor do Depecon (Departamento de Pesquisas Econômicas) da entidade.

Essa revisão ocorreu devido ao resultado do indicador no primeiro trimestre, que mostrou alta de 2,7% ante os três meses imediatamente anteriores. "Se o PIB não crescesse nos próximos trimestres, o resultado deste ano já resultaria nessa alta [de 6,0%]", justifica.

A expectativa da Fiesp de expansão de 7,5% considera um crescimento de 1,0% em cada um dos próximos três trimestres deste ano, no confronto com o período imediatamente anterior.

Para Francini, a estimativa é até conservadora pois há o risco do crescimento superar esse patamar. Para 2011, a projeção é de elevação de 4,7%.

Em relação à indústria, o crescimento do PIB deve ficar em 11,6% neste ano e em 4,3% em 2011. O segmento que terá maior alta (12,6%) em 2010 deve ser a construção civil, de acordo com a Fiesp.

A entidade estima ainda que o país deverá encerrar o ano com US$ 189,5 bilhões de exportações e US$ 177,6 bilhões em importações. O saldo da balança comercial deve resultar, portanto, em US$ 11,9 bilhões.

Link:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/759673-industria-paulista-eleva-estimativa-de-alta-do-pib-para-75.shtml

Nenhum comentário: