Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Vendas dos supermercados crescem 3,82% em maio, aponta Abras!


Vendas dos supermercados crescem 3,82% em maio, aponta Abras

da Folha.com

As vendas reais do setor supermercadista em maio de 2010 cresceram 3,82% em relação a maio de 2009, de acordo com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados). Em comparação com abril deste ano, houve estabilidade, com 0,03%.

De acordo com a entidade, no acumulado dos cinco primeiros meses, as vendas do setor supermercadista registraram alta de 5,70%, na comparação com igual período de 2009. Os índices são deflacionados pelo IPCA do IBGE.

Em valores nominais, o índice apresentou crescimento de 9,24% em maio em relação a maio de 2009 e alta de 0,46% sobre abril deste ano. O acumulado nominal, nos primeiros cinco meses de 2010, chega a 10,98%, na comparação ao mesmo período do ano passado.

"O setor continua vendendo bem, mantendo a sua trajetória de crescimento dos últimos meses. Mas, em maio, alguns produtos com muito peso nas vendas apresentaram redução de preços (como foi o caso do açúcar e do leite longa vida). A cesta AbrasMercado apresentou deflação em três regiões do país", afirmou o superintendente da Abras, Tiarajú Pires.

Cesta

Em maio, o AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresentou estabilidade em relação a abril deste ano. Já na comparação com maio de 2009, o AbrasMercado apresentou crescimento de 5,56%, passando de R$ 264,59 para R$ 279,31.

Os produtos com as maiores altas em maio, na comparação com abril, foram: cebola, com 14,44%; feijão, com 10,22%; e batata, com 2,97%. Já os produtos com as maiores quedas foram: tomate, com -20,47%; açúcar, com -4,46%; e leite longa vida, com -3,02%.

Link:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/759604-vendas-dos-supermercados-crescem-382-em-maio-aponta-abras.shtml

Nenhum comentário: