Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

ONU: Venezuela é o pais com menor desigualdade da América Latina!


ONU: Venezuela é o pais com menor desigualdade da América Latina - do Vermelho

A Venezuela é o país com menor desigualdade entre ricos e pobres da América Latina e Caribe, foi o que ratificou o informe apresentado sobre as nações latino-americanas realizado pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat).

AVN

Segundo os dados avaliados pela ONU, atrás de Venezuela e Uruguai, estão Peru, El Salvador, Equador e Costa Rica
Divulgado no Rio de Janeiro, o informe de 196 páginas informou que com base no índice de Gini (que mede a desigualdade), a Venezuela e depopis o Uruguai, são os países menos inequivativos da região.

Nesses países, a diferença de recursos entre o quintil mais rico e o mais pobre não supera 10 vezes, enquanto a média da América Latina é: “os 20% da população mais rica têm uma média de recursos per capita quase 20 vezes superior ao dos 20% das pessoas mais pobres”.

“A Venezuela, com 0,41 no índice de Gini, é o de menor inequidade, segundo dados de 2009, porém mais desigual que os Estados Unidos ou o mais desigual de Europa, Portugal”, indica o informe.

O governo venezuelano, presidido por Hugo Chávez, tem como uma de suas metas principais a redução da pobreza extrema e a inclusão social, objetivos que vem alcançando, segundo as cifras oficiais, graças aos programas sociais e científicos que desenvolve para as populações mais vulneráveis.

Em contrapartida, entre os mais desiguais encontra-se o Brasil que perdeu o primeiro lugar que ostentava há décadas para a Guatemala como o país líder da desigualdade.

Fonte: AVN
Tradução: Comitê Brasil Está com Chávez

Link:

Nenhum comentário: