Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Propostas de governo: Russomanno usa tom generalista e não mostra a que veio!

Propostas de governo: Russomanno usa tom generalista e não mostra a que veio! - Por: Thalita Pires, da Rede Brasil Atual

Propostas de governo: Russomanno usa tom generalista e não mostra a que veio
Documento faz pouco para esclarecer ao eleitor qual o rumo que a cidade tomará caso Russomano seja eleito (Reprodução) 
 
A pesquisa de intenção de voto divulgada ontem pelo Datafolha mostrou que Celso Russomanno, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, mantém a liderança da disputa com 31% dos votos.

Um desempenho tão robusto chama a atenção.

Por isso, resolvi entrar em contato com a campanha de Russomano para saber se haverá o lançamento de um documento com as propostas do candidato.

A resposta foi que está em confecção um projeto de governo, sem data para ser lançado. Como o prazo para o lançamento do plojeto de governo é até a data da posse, é possível que esse documento não fique pronto até as eleições.

Para efeito de avaliação das propostas, a candidatura disponibiliza este documento no site. Sendo assim, resolvi ler suas propostas, ainda que não estejam completamente desenvolvidas.

É triste constatar que o líder das pesquisas não conta com nenhum projeto urbanístico para São Paulo. Aliás, não é possível detectar nem um fundinho de projeto político de uma maneira geral, pelo menos não da maneira como as suas propostas foram apresentadas. O candidato defende que São Paulo deve ter capacidade de gestão, como se tudo se resumisse a questões técnicas, e não políticas.

Com isso não quero dizer que as questões práticas sejam pouco importantes. Russomanno apresenta ideias ótimas, como fazer com que toda a frota de ônibus seja acesível, ampliar a estrutura da combalida CET, aumentar o número de pontos para a reciclagem de lixo e reurbanizar favelas. Mas falta arcabouço político para dar sentido a esse conjunto de propostas.

Simplesmente não há o que comentar: lendo o documento, não sei o que o candidato pensa sobre o adensamento populacional da periferia, sobre a verticalização sem adensamento que acontece nos bairros centrais, como Lapa, Vila Leopoldina e Mooca ou sobre a estrutura fundiária da cidade. Normalmente, a ausência desse tipo de avaliação já é a resposta: quem não se importa com isso está satisfeito com a maneira como a cidade funciona.

A avaliação proposta a proposta também não é muito alvissareira. Várias delas são bastante abrangentes e, por isso mesmo, inócuas. Alguns exemplos:

- Viabilizar estudos para implantação do veiculo leve sobre trilhos: é ótimo, mas não significa nada;

- Implementar uma nova estratégia para destinação racional dos resíduos na cidade, aplicando os recursos de créditos de carbono: que nova estratégia seria essa? Para onde iriam os recursos?

- Criar condições para regularização de terrenos populares e interferir na urbanização local: o que significa "terrenos populares"? Ficam em quais regiões? Como será a intervenção na urbanização local?

Esses são apenas três exemplos de propostas com palavras bonitas que significam pouca coisa.

É pouco, muito pouco para o candidato que lidera a corrida eleitoral.

Até o projeto do Paulinho da Força, que tem 2% dos votos, tem muito mais consistência e propostas.

Tomara que o prometido projeto de governo de Russomanno fique pronto antes das eleições, a tempo de esclarecer qual o projeto do candidato para a cidade.

Link:

http://www.redebrasilatual.com.br/blog/desafiosurbanos/propostas-de-governo-russomano-usa-tom-generalista-e-nao-mostra-a-que-veio

Nenhum comentário: