Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Datafolha: 50% dos eleitores ainda não assistiram ao horário eleitoral em SP! Haddad é virtual desconhecido para 47% dos eleitores! - por Marcos Doniseti!

Datafolha: 50% dos eleitores ainda não assistiram ao horário eleitoral em SP! Haddad é virtual desconhecido para 47% dos eleitores! - por Marcos Doniseti!


Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, realizada nos dias 10 e 11 desta semana e divulgada no dia 12 (quarta-feira passada), 50% dos eleitores paulistanos ainda não assistiram a nenhum programa eleitoral na TV.

Na pesquisa Datafolha da semana anterior (realizada nos dias 03 e 04 de Setembro), este índice era de 57%. Outros dados importantes desta pesquisa é que 9% dos eleitores disseram ter um pequeno interesse na eleição, enquanto outros 22% diziam não ter nenhum interesse na mesma. Isso dá um total de 31% dos eleitores que pouco se importam com a eleição, quase 1/3 do eleitorado, portanto.

Desta maneira, o crescimento do interesse dos eleitores pela campanha eleitoral se dá de forma gradual.

Isso mostra que estes eleitores ainda não se preocuparam em acompanhar a campanha eleitoral na TV e que eles deverão se informar mais a respeito da mesma apenas nas últimas semanas.

Isso talvez ajude a explicar a desaceleração do crescimento de Fernando Haddad nas pesquisas depois da primeira semana de campanha no rádio e na TV.

Após a primeira semana de exibição da campanha na TV ele passou de 8% para 14%, segundo o Datafolha. A partir daí, Haddad diminuiu a velocidade do seu crescimento, chegando aos atuais 17% e estando empatado tecnicamente com Serra (que teve 20%).

Segundo os especialistas, grande número de eleitores assistem  aos programas eleitorais na primeira semana e, depois, volta a fazer o mesmo na semana final de campanha. Outros eleitores vão se interessando pelo tema à medida que a data da eleição se aproxima.

Porém, há uma boa notícia para Haddad na pesquisa Datafolha dos dias 10 e 11 de Setembro: Entre os eleitores que assistiram ao horário eleitoral, 34% elegeram o programa de Russomanno como sendo o melhor, 25% escolheram o programa de Haddad e 19% consideraram o programa de Serra como sendo o melhor.

Assim, Haddad fica 6 p.p. à frente de Serra entre os eleitores que viram à propaganda na TV. Caso isso se mantenha até o final da campanha, crescem muito as chances do candidato do PT ir para o segundo turno contra Russomanno.

E temos mais um fator que dificulta, ainda, o crescimento de Haddad nas pesquisas, que é o elevado grau de  desconhecimento da sua candidatura pelso eleitores.

Segundo o Datafolha de 10 e 11 de Setembro, 16% dos eleitores 'não o conhecem' e outros 31% o conhecem somente 'de ouvir falar', o que dá um total de 47% dos eleitores que pouco ou nada sabem sobre o candidato do PT à prefeitura de São Paulo.

Portanto, somente quando Haddad for bem mais conhecido por todo o eleitorado paulistano é que se poderá ter uma idéia melhor de qual é o seu real potencial de votos nesta eleição. 

 
 Link:

 http://datafolha.folha.uol.com.br/


Nenhum comentário: