Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

FHC é a única liderança nacional da oposição" - por Marcos Doniseti!

Dilma não escolheu FHC. A questão é que a oposição não tem outra liderança nacional- por Zé Dirceu, do seu blog, Publicado em 05-Set-2012
 
ImageEstá parcialmente correta a maior parte das avaliações dos analistas políticos sobre a resposta dada em nota oficial pela presidenta Dilma Rousseff ao artigo publicado no domingo pp. em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso julgou o governo Lula. No texto FHC, ao mesmo tempo, deu seguimento à estratégia da oposição de tentar estabelecer dissensões entre o ex e a atual presidentes petistas.



Equivocam-se, porém, os analistas que afirmam que a presidenta da República dirigiu a nota ao antecessor tucano porque decidiu elegê-lo como interolocutor na oposição. Analisem comigo. A chefe do governo não o elegeu. Na verdade, ela não tinha escolha a quem retrucar na oposição os ataques desferidos a ela e a seu governo, a não ser o ex-presidente FHC.

Os que vão por esta linha, de que ela escolheu o ex-presidente, escondem um fato importante: a oposição e os tucanos não têm uma liderança nacional fora FHC. Queiramos ou não - eles e nós - o ex-presidente tucano continua o grande nome deles, a figura central, o símbolo e o grande defensor do ideário neoliberal, ainda que não seja liderança para entrar em disputa eleitoral, não se disponha mais a ser candidato.

FHC há meses tentava descontruir Lula. Aqui e no exterior


Além do mais, o ex-presidente FHC vinha há meses nessa tentativa de desconstruir a imagem do ex-presidente Lula e de seus dois governos. Aqui e no exterior. É como disse ontem o líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (SP):"O Fernando Henrique pediu. Estamos em época de eleição e querer descolar a imagem de Dilma da de Lula é desconhecer a relação dos dois.(Com a nota) a presidenta recolocou as coisas no devido lugar".

Então, eu afirmei e insisto: os tucanos não tem uma liderança nacional fora FHC. José Serra, que em nome deles disputou e perdeu duas vezes a Presidência da República, caminha para uma derrota nesta 4ª vez em que disputa a Prefeitura de São Paulo, e para uma possível aposentadoria.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) há dois anos em campanha como presidenciável para 2014 ( na verdade, até desde antes de se eleger senador em 2010), com seu comportamento não é levado a sério e, além disso não emplacou como liderança nacional nem entre os tucanos. Fora de Minas sua liderança é uma incógnita ainda.

Quem mais de liderança nacional a oposição tem no leque de legendas partidárias que a formam, PSDB-DEM-PPS-PV, etc? Resta FHC.

Daí a resposta da presidenta Dilma a ele. Até para ela marcar nitidamente sua posição e se diferenciar de alguns dos nossos aliados que acenam para o tucanato e para as elites, até com possíveis coligações partidárias e alianças políticas em 2014.

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Link:

http://www.zedirceu.com.br//index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=1&Itemid=106

Nenhum comentário: