Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Até a 'Folha' percebeu que a situação de Serra é muito difícil! - por Marcos Doniseti!

Até a 'Folha' percebeu que a situação de Serra é muito difícil! - por Marcos Doniseti!

Haddad recebe o apoio dos Presidentes Lula, Dilma e da Senadora Marta Suplicy em comício no 1o. turno da eleição paulistana.

Editorial da 'Folha' de hoje reconheceu algumas coisas importantes em relação à eleição municipal paulistana, e que já eram bastante evidentes para muitos que acompanham a campanha, e que são:


1) Haddad conseguiu conquistar o voto de 55% dos eleitores de Russomanno, mesmo sem que o candidato do PRB tenha declarado apoio à sua candidatura.

Isso era mais do que previsível. 

Afinal, a imensa maioria do eleitorado de Russomanno vive na vasta e populosa periferia paulistana, que sofre demais com o abandono a que foi submetida pelo governo Serra-Kassab durante todos estes anos.

E a população da periferia de SP, tradicionalmente, sempre votou, majoritariamente, nos candidatos do PT. Estes conseguem a maioria dos seus votos justamente na periferia da capital paulista. E isso vale para todas as eleições: vereador, prefeito, governador, senador, deputado, presidência da República. 

São os votos dos eleitores da periferia que elegem os petistas em São Paulo. E isso já acontece há muitas eleições. 

Logo, era mais que certo que essa transferência de votos, de Russomanno para Haddad, iria acontecer, mesmo. 

Isso demonstra, claramente, que a decisão de Russomanno de declarar neutralidade no segundo turno foi péssima, pois se ele tivesse apoiado Haddad e este vencesse a eleição, o mesmo poderia dizer que havia contribuído para essa vitória, tornando-se, de certa maneira, um 'credor político' do candidato petista e, até, podendo reivindicar algum espaço no eventual governo de Haddad. 

Assim, com a neutralidade do candidato do PRB, Haddad se beneficia da adesão espontânea do eleitorado de Russomanno, livrando-o da necessidade de fechar qualquer acordo com o candidato com os mesmos. 


2) O efeito eleitoral do julgamento da AP 470, pelo STF, foi muito pequeno. 

Depois de muito dizer, durante tanto tempo, que o julgamento do STF iria enfraquecer fortemente o PT pelo país afora, a 'Folha' (que é, desde tempos imemoriais, um dos principais sustentáculos das inúmeras candidaturas de Serra para prefeito, governador, presidente da República...) é obrigada a reconhecer que isso não aconteceu e que o efeito do julgamento sobre o resultado das eleições foi muito reduzido. 

Sobre este assunto, a 'Folha' chega a dizer que:

"Seu crescimento (obs: de Haddad) na periferia pobre de São Paulo, que antes de inebriava com a promessa Russomanno, sugere que as razões do voto paulistano passam longe dos eventos em Brasília". 

Sim, "Folha", é exatamente isso. Tal como este modesto blogueiro já diz há muito tempo, a população não liga a mínima para a 'brigalhada política' e se preocupa, sim, com a resolução dos grandes problemas que enfrenta no seu cotidiano, como a péssima situação da saúde, do transporte coletivo, a precariedade da educação, as enchentes, a falta de segurança pública.

Enfim, o que os brasileiros querem é saber quem é que vai, afinal, governar em seu benefício, para melhorar as suas condições de vida, e não quem está sendo julgado no STF. 


3) O desgaste de Serra e a impopularidade de Kassab beneficiam Haddad:

A 'Folha' também parece, novamente, ter descoberto a pólvora quando, em outro trecho do seu editorial de hoje, diz que: 

"Serra parece enfrentar algo como um 'recall' negativo, um desgaste de imagem por ter concorrido em sucessivas eleições (para o qual terá contribuído a promessa descumprida de não deixar a prefeitura a fim de candidatar-se a governador). Além disso, carrega o fardo de defender a administração do afilhado e sucessor Gilberto Kassab (PSD), tida como ruim ou péssima por 48% dos paulistanos".

É isso mesmo, 'Folha'. Novamente, vocês descobriram a América. 

Os paulistanos não estão perdoando Serra pelo fato de, em tantas oportunidades, ter faltado com a sua palavra e, ainda, por ter entregue a prefeitura da maior cidade brasileira, e a segunda maior da América Latina, para um incompetente que não fez absolutamente nada nos últimos quatro anos de governo e que priorizou a criação de um partido político, o PSD, que já nasceu como sendo o quarto maior do país.

Todas as energias e recursos de Kassab foram usados com essa finalidade. 

A cidade de São Paulo e o seu povo foram abandonados, tanto por Serra, como por Kassab. E como resultado disso, ocorreu uma rápida deterioração da qualidade de vida dos paulistanos. 

E os paulistanos, agora, dão o troco, abandonando a candidatura de Serra. 

Desta maneira, a própria 'Folha' reconhece que dificilmente Serra escapará de mais uma derrota. E depois de tantas derrotas consecutivas, não é difícil imaginar que ele estará com as suas ambições políticas severamente limitadas. 

Talvez, no máximo, Serra consiga se eleger deputado federal por São Paulo daqui a dois anos. Mais do que isso será muito difícil.


Links:

Povo brasileiro não liga a mínima para a brigalhada política:

http://guerrilheirodoanoitecer.blogspot.com.br/2012/01/povo-nao-da-minima-para-brigalhada.html

Editorial da 'Folha' de hoje:

http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/1168255-editorial-pauliceia-descolada.shtml

Haddad tem forte penetração em regiões de classe média paulistana:

http://blogs.estadao.com.br/vox-publica/2012/10/11/petista-tem-teto-alto-no-quintal-tucano-em-sao-paulo-mostra-ibope/

Nenhum comentário: