Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 14 de outubro de 2012

Por que a oposição errou em usar o 'Mensalão' nas eleições! - por Alexandre Tambelli!

Por que a oposição errou em usar o 'Mensalão' nas 
eleições! - por Alexandre Tambelli! - do blog do Nassif,
 14/10/2012

O que fica claro nestas eleições é que o maior erro das oposições é utilizar-se do "Mensalão" para dizer que todo candidato do PT ou aliado ao PT é conivente, faz parte da turma dos corruptos. 
Enquanto no PSDB/ DEM e PPS só existem "santos".
Estes anos todos a velha mídia bateu na tecla da corrupção e o carro chefe foi o "Mensalão do PT". O problema é que o efeito dessa temática não acabou por culpar o PT, por toda a corrupção existente na política e nas administrações dele. O efeito foi criar um descrédito para com todos os políticos e de todos os partidos, por boa parte da população. Todos se tornaram "corruptos", para, boa parte dessa massa que acompanha os telejornais, rádios, jornais e revistas da velha mídia. 
A internet conseguiu, através das redes sociais, desmistificar o PT e o PSDB, ao mesmo tempo. Existe uma galera grande na internet que posta diariamente milhares de posts sobre denúncias de corrupção do PSDB e do DEM. Não adianta os políticos dessas duas legendas falarem nos microfones ou darem entrevistas moralistas para a velha mídia, atacando os adversários; só pregam para uma pequena parcela de "convertidos", como dizem no linguajar da política. A internet desmente a "cara de pau" de alguns políticos, quando de frente dos microfones ou das páginas dos jornais e revistas. Um simples post lido, dos milhares que colocam, já deixam ressabiados os não-radicais. 
Na prática os Governos do PT são bem avaliados e muita gente se beneficia de suas políticas sociais, das mudanças na economia, dos projetos educacionais, da melhoria das estradas de rodagem federais, da ampliação dos postos de trabalho, da carteira assinada, da melhoria do salário, com as facilidades de obtenção de crédito, as compras em 10/12 vezes sem juros: os pacotes de viagem, as passagens aéreas, as compras nos shoppings, etc., a redução significativa dos juros bancários, os financiamentos de carro e casa, o simples, a desburocratização da abertura de uma empresa, a informatização do INSS, as reduções de IPI, o bolsa-família, o Prouni, etc. e isso conta demais. 
É o que dá a medida do voto de cada partido. Quem está sendo beneficiado por tudo isso não é louco de mudar o rumo da política. E sabemos que é um caminho sem volta! Político que resolver ir por outro caminho nunca mais será eleito. 
Imagina no momento em que uma Lei dos Meios de Comunicação vingar, proibindo a propriedade cruzada dos meios de comunicação, criando o direito de resposta para pesso(as) em reportagens que não condizem com a verdade, quando houver a pluralidade dos meios de comunicação com diferentes enfoques e opiniões, a  velha mídia e os seus seguidores na política: PSDB e DEM tendem a enfraquecer ainda mais. 
Com tudo o que a velha mídia apronta assistimos uma diminuição da força do PSDB e DEM. Imagina com uma mídia democrática e que faça o papel de fiscalizar e denunciar, também, as irregularidades administrativas desses dois partidos. Talvez, eles desapareçam do mapa. 
Nessa hora, não terá Judiciário que seguere.
O Judiciário saiu manchado desse julgamento do Mensalão do PT. Boa parte da população ficou contrária a sua decisão e nela está a maior parte dos formadores de opinião e das pessoas que buscam se informar sobre o tema de maneira mais aprofundada. Tanto é, que nesses tempos todos de Julgamento, vimos importantes personagens da Oposição ao PT: Bresser Pereira, Jânio de Freitas, Paulo Moreira Leite, até a Bárbara Gância, etc. não concordando com o transcorrer do Julgamento e a forma que foi encontrada para condenar José Dirceu e José Genoino: a Teoria do Domínio dos Fatos, pela falta de provas processuais consistentes para condenar os dois políticos do PT. 
A Judicialização da eleição, tentando resolvê-la via Judiciário pelo "Mensalão do PT", até com a concomitância do Julgamento com as Eleições Municipais não enfraqueceram o PT e nem a base  aliada de DILMA. Tanto é que estudiosos se dividiram em dizer quem foi o vencedor nestas eleições em 1º turno: LULA, DILMA e EDUARDO CAMPOS foram os nomes citados. Não foram ditos os nomes de FHC, SERRA ou qualquer outro político da oposição. 
Ficou para os 10% mais radicais, tanto à direita como à esquerda o papel de indignação ao "Mensalão do PT". Para a maior parte da população se seguiu a vida e votaram conforme suas crenças e ideias do que é melhor para ela, para sua classe social (a eleição de São Paulo mostra bem isso: bairros centrais, mais abastados, acreditam que o PSDB é melhor e bairros mais periféricos, menos abastados, creem ser o PT e assim, os votos se solidificaram nas urnas).
No 2º turno me parece que a base aliada virá forte para ganhar a maioria esmagadora das prefeituras, ainda em disputa. Formou-se um grupo de partidos aliados, costura feita por DILMA, que está unido pela vitória. E eles representam muito mais eleitores do que a oposição. Até um pacto de não-agressão foi definido, quando da disputa de políticos da base de sustentação do Governo Federal.
Votar no filho do Ratinho? Ou votar no político Ratinho? Não o conheço, mas o fenômeno Russomano não pode estar se abatendo sobre o candidato das oposições em Curitiba?

link:

Nenhum comentário: