Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 20 de abril de 2013

Haddad quer dobrar a capacidade de investimento de São Paulo!


Haddad quer dobrar a capacidade de investimento de São Paulo - por Zé Dirceu, do seu blog
Publicado em 19-Abr-2013
Dilma e Haddad: Duas lideranças que renovaram a imagem do PT. 

Após se reunir com a presidenta Dilma Rousseff por mais de duas horas no Palácio do Planalto na tarde desta 5ª feira (ontem), o prefeito da capital, Fernando Haddad (PT), deu uma boa notícia aos paulistanos: ele afirmou que é preciso dobrar a taxa de investimento da cidade de São Paulo - hoje em R$ 3 bi por ano, metade da do Rio de Janeiro - e que ele vai buscar atingir essa meta. "Precisamos chegar a pelo menos R$ 6 bi por ano, que é o valor da taxa de investimento da cidade do Rio", reconheceu o prefeito.
O objetivo principal da reunião, adiantou o prefeito, foi apresentar à presidenta da República o Plano de Metas da Prefeitura de São Paulo para 2013 a 2016, divulgado já há alguns dias por ele, com investimentos da ordem R$ 22,9 bi no período. Na próxima semana, segundo ele, haverá um detalhamento do plano para os anos de 2013 e 2014, com foco, como é marca nos governos do PT, no social, em habitação, saneamento, educação, saúde e transporte.

Por esse plano, o governo de Haddad retoma, inclusive, a construção de corredores de ônibus na cidade, vital para a melhoria não só dos transportes públicos mas, também, para a melhoria do próprio trânsito. A Prefeitura de São Paulo quer alinhar o plano local com os financiamentos previstos para o PAC nos próximos anos na cidade.

Correção na defasagem de aplicação de recursos do PAC

"Até agora os investimentos dos recursos do PAC foram muito baixos. Há uma defasagem de investimentos desses recursos que vamos tentar recuperar agora", prometeu. Haddad estima que pelo menos a metade do total dos investimentos seja aplicada nesses primeiros dois anos. À presidenta e, depois à imprensa, o prefeito de São Paulo detalhou que o município tem projetos em carteira no total de R$ 31 bi.

Ao responder pergunta se ele e a presidente estariam pensando em reeleições (a dela no ano que vem, a dele em 2016) ao integrar essas ações, Haddad explicou que, embora o plano de metas da cidade seja até 2016, o horizonte de trabalho é de 10 anos. "Questões de Estado não podem ser tratadas só para dois anos, tem de ser de 10 anos, de longo prazo", disse.

O prefeito paulistano voltou a defender a troca do indexador da dívida da prefeitura da cidade com a União. "A diferença entre a solvência e insolvência é a troca do indexador. Com esse indexador, São Paulo é insolvente", disse Haddad. A troca do indexador - não só para São Paulo, é para todos os municípios brasileiros - já está em discussão no Congresso, num trabalho que conta com muito empenho do prefeito até desde antes dele assumir a 1º de janeiro pp.

O projeto que o governo federal enviou à Câmara prevê que o indexador para correção e para saldar a dívida da Prefeitura com a União seja o IPCA mais 4% ou a Selic, prevalecendo a que for menor na ocasião do pagamento. 

Hoje a dívida é corrigida pelo IGP-DI mais 9%. Segundo o prefeito, a alteração permitirá que a dívida do município seja paga integralmente até 2030 e abrirá também um espaço para um endividamento da prefeitura da ordem de R$ 10 bi.

(Foto: Paulo Pinto)

Link:

http://www.zedirceu.com.br//index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=1&Itemid=106

Nenhum comentário: