Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 14 de abril de 2013

'Infância clandestina': a longa sombra da ditadura sobre o cinema argentino!


'Infância clandestina': a longa sombra da ditadura sobre o cinema argentino - por Oscar Guisoni



Quando parece que já se disse tudo o que se pode dizer, o cinema sobre a ditadura volta a remexer as velhas feridas e, contra prognósticos voluntariamente agoureiros, demonstra uma vez mais que ainda há muito o quê dizer. A última prova de que a ditadura segue estendendo sua longa sombra sobre o cinema argentina é 'Infância Clandestina', a obra-prima de Benjamim Ávila. O artigo é de Oscar Guisoni.

Nenhum comentário: