Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 11 de maio de 2013

Lucro líquido da CEF cresce 12,5% no 1o. trimestre!

Caixa tem lucro de R$ 1,3 bilhão nos três primeiros meses do ano
09/05/2013 - 16h01 - Kelly Oliveira, Repórter da Agência Brasil
Brasília – A Caixa Econômica Federal encerrou o primeiro trimestre de 2013 com lucro líquido de R$ 1,3 bilhão, 12,5% acima do resultado registrado em igual período de 2012. As receitas totais do banco chegaram a R$ 21,5 bilhões, com expansão de 13,6%. As receitas com operações de crédito, R$ 9,9 bilhões, cresceram 21,1%.
A carteira de crédito da Caixa ficou com saldo de R$ 390,6 bilhões. A contratação de crédito totalizou R$ 88,2 bilhões no primeiro trimestre do ano. O crédito comercial respondeu por R$ 51,1 bilhões, crescimento de 54,5% em relação ao mesmo período de 2012. As operações com pessoas físicas alcançaram R$ 27,3 bilhões, enquanto as com pessoas jurídicas atingiram R$ 23,8 bilhões, aumento de 50,9% e 59%, respectivamente, comparadas ao mesmo período do ano passado.
As contratações de crédito imobiliário chegaram a R$ 28,9 bilhões no primeiro trimestre de 2013, crescimento de 31,7% em relação ao mesmo período de 2012. Desse total, R$ 12,5 bilhões foram contratados com recursos da poupança (SBPE) e R$ 11 bilhões das linhas que utilizam o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A carteira imobiliária apresentou saldo de R$ 220,2 bilhões em março, aumento de 33,8% comparado ao mesmo período do ano passado.
No âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida, a Caixa contratou R$ 13 bilhões no primeiro trimestre, que correspondem a 173,8 mil novas moradias. Para a faixa de renda de até três salários mínimos, foram contratadas 80,3 mil novas moradias, 46,2% do total, somando R$ 4,6 bilhões.
O banco informou que o saldo dos financiamentos de obras para saneamento urbano e infraestrutura chegaram a R$ 26,4 bilhões, expansão de 47% em comparação com o mesmo período do ano anterior. No trimestre, foram contratados R$ 3,5 bilhões, evolução de 4,9% em relação ao primeiro trimestre de 2012, sendo R$ 2,8 bilhões em infraestrutura e R$ 695,2 milhões em saneamento.
Segundo o banco, nos três primeiros meses do ano, a Caixa originou cerca de 31% do crédito do mercado. Com isso, aumentou para 16% a sua participação, crescimento de 2,9 pontos percentuais desde março de 2012.
O índice de inadimplência do banco fechou o trimestre em 2,3%. O índice de Basileia (capital próprio para cobertura de risco de crédito) encerrou o trimestre em 14,2%, superior em 3,2 pontos percentuais ao limite mínimo exigido pelo Banco Central, e superior em 1,4 ponto percentual em relação ao mês de março do ano passado.
Edição: Beto Coura//Matéria alterada para correção no título. O lucro líquido da Caixa foi R$ 1,3 bilhão no primeiro trimestre do ano e não de mais de R$ 3 bilhões como estava no título. A informação está correta no corpo da matéria.
Link:

Nenhum comentário: