Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 18 de maio de 2013

'Muito bom', diz Mantega sobre crescimento anualizado de 4,2% para o PIB no 1o. trimestre!


'Muito bom', diz Mantega sobre resultado da atividade econômica divulgado pelo BC - da Agência Brasil, via Rede Brasil Atual, por Daniel Lima, 16/05/2013

Economia acelera no 1o. trimestre, mostra indicador do BC, e PIB tem crescimento anualizado de 4,2%. Enquanto isso, inflação despenca, segundo Fipe e FGV. 
O ministro, que tem evitado fazer projeções sobre o crescimento do país, estava sorridente ao comentar índice
Brasília - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, mostrou satisfação com crescimento de 1,05% da atividade econômica do país no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os últimos três meses de 2012. Os dados são do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período), divulgado hoje (16).

Perguntado sobre o resultado por jornalistas que acompanham a área de economia, Mantega disse, sorridente, ao chegar ao Ministério da Fazenda: “Muito bom”. 
O ministro tem evitado fazer projeções sobre o crescimento econômico do país. Mais tarde, ao deixar o ministério para uma reunião no Palácio do Planalto, Mantega disse que é preciso aguardar o dado concreto, a ser divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no fim do mês.

“Elas [estimativas do IBC-Br] combinam com as projeções que estão sendo feitas pelo mercado. Porém, eu prefiro ser cauteloso e esperar o verdadeiro resultado do PIB, que será anunciado no próximo dia 29. É preferível esperar o dado concreto. Não vamos nos antecipar e esperaremos o final do mês.”

Em março, o IBC-Br apresentou expansão de 0,72% na comparação com fevereiro (indicador ajustado para o período). O crescimento veio depois da queda de 0,36% registrada em fevereiro em relação a janeiro, segundo os dados revisados. Em janeiro comparado a dezembro, houve crescimento de 1,05%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar e antecipar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice divulgado pelo Banco Central incorpora informações sobre o nível da atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

Mantega destacou que o mais importante agora é que a inflação está caindo. 
Ele lembrou que o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desta semana mostra que o preço dos alimentos está em queda. O índice caiu de 0,45%, na primeira prévia do mês, para 0,38%, na segunda apuração. O principal impacto partiu do grupo alimentação, cuja taxa diminuiu de 0,68% para 0,51% no período.

Para o ministro, são indicadores importantes que devem eliminar o problema da alta no preço dos alimentos. “As safras estão chegando. O que atrapalhava algumas lavouras, que produziam produtos como o tomate e a banana, agora está tendo retração. Então, estamos no caminho certo. Aquilo que vínhamos dizendo vai ocorrer: a inflação vai cair nos próximos meses e já está caindo. Principalmente dos alimentos.”
Link:

Nenhum comentário: