Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Zé Dirceu: Petrobras, inflação, racionamento e poupança: As derrotas da oposição troglodita!


As derrotas da oposição - por Zé Dirceu, do seu blog, Publicado em 08-Mai-2013

Uma das maiores empresas do mundo, a Petrobras é motivo de orgulho para todos os brasileiros.  Menos para os demotucanos entreguistas e vende-pátrias, é claro, que adorariam privatizar e desnacionalizar a empresa, o que começaram a fazer no governo FHC, inclusive. Governos Lula e Dilma interromperam esse processo. 
A cada dia que passa, os números demonstram o fracasso do terrorismo da oposição em diversos temas. Primeiro fazem todo um alarde, mas quando a realidade se impõe, partem para uma nova ofensiva. Mas não adianta, são derrotados novamente.

Vejam o caso da poupança. Há cerca de um ano, quando o governo mudou a fórmula de cálculo do rendimento da poupança, houve previsões catastróficas de que o investimento seria esvaziado e o poupador fugiria.

Pois bem, o poupador não caiu nessa conversa. A diferença entre os depósitos e os saques da caderneta de poupança em abril deste ano ficou em R$ 2,62 bi, de acordo com o Banco Central. É o maior valor para o mês desde o início da série histórica, em 1995. A alta é de 32% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a captação líquida foi de R$ 1,98 bi e ainda não tinha havido a modificação do cálculo.

O total de depósitos chegou a R$ 116,86 bi, e os saques foram de R$ 114,24 bi. No acumulado do ano, entrada de recursos na poupança está positiva em R$ 13,20 bi, também um recorde.

Da mesma forma que foi derrotada nessa questão, a oposição também o foi nos discursos sobre o apagão energético, o desmantelamento da Petrobras e agora a inflação. E também será derrotada na questão dos estádios da Copa e na infraestrutura do país. O tempo dirá.

Link:

http://www.zedirceu.com.br//index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=1&Itemid=106

Nenhum comentário: