Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 2 de junho de 2013

Bahia, Ceará e Pará terão novas universidades federais!

Bahia, Ceará e Pará terão novas universidades federais

Projeto proposto pelo governo foi aprovado em regime de urgência no Senado na terça e segue para sanção presidencial
por Redação da RBA publicado 30/05/2013 10:35
0 Comments e 0 Reactions
São Paulo – A Bahia, o Pará e o Ceará ganharão novas de universidades federais para atender a regiões isoladas dos estados. As unidades serão criadas por desmembramento das escola atuais nos estados para atender a novas regiões. A proposta, feita pela Presidência da República, foi aprovada em regime de urgência pelo Senado na terça-feira (28) e segue agora para sanção da presidenta Dilma Rousseff. Ainda não há previsão do início das atividades nas novas instituições de ensino.
A maior das novas instituições de ensino será a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), sediada em Marabá, em um desdobramento da Universidade Federal do Pará. Serão criados ainda campi nos municípios de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara. Serão contratados 506 novos professores, 595 técnicos administrativos.
A Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), criada por desmembramento da Universidade Federal da Bahia (UFBA), ficará em Barreiras e contará com os campi de Bom Jesus da Lapa, Barra, Luís Eduardo Magalhães e Santa Maria da Vitória. Ao todo, 357 professores e 408 técnicos administrativos serão contratados.
Também será criada será a Federal do Cariri (UFCA). Os campi de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte da Universidade Federal do Ceará (UFC) passarão a integrar a nova universidade, sendo que o último será a sede da UFCA. Serão criados ainda os novos campi de Icó e Brejo Santo. A equipe será composta por 197 professores e 530 técnicos administrativos.
“Essa conquista é do Ceará, mas com grande impacto também na Paraíba, em parte de Pernambuco e mesmo do Piauí”, afirmou o senador Inácio Arruda (PCdoB), relator do projeto que cria a Federal do Cariri, ao portal de notícias do Senado. Os senadores Flexa Ribeiro e Walter Pinheiro, relatores dos projetos do Pará e Bahia, respectivamente, ressaltaram o desenvolvimento que a medida trará para os estados.
Link:

Nenhum comentário: