Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Produção de grãos do Brasil atinge 188 milhões de toneladas e bate recorde em 2013, diz IBGE!

Produção de grãos é recorde em 2013, diz IBGE

09/01/2014 - 10h26 - Isabela Vieira - Repórter da Agência Brasil


Rio de Janeiro - A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas bateu recorde em 2013, ao registrar aumento de 16,2% em relação a 2012. 
Foram colhidos, no ano passado, 188,2 milhões de toneladas de grãos, mais que o recorde anterior de 161,9 milhões de toneladas em 2012. 
Os dados foram divulgados hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
De acordo com o levantamento da produção nacional de grãos, a área colhida em 2013 cobriu 52,8 milhões de hectares, crescendo 8,1% na comparação com 2012.
No ano de 2013, dominaram a produção o arroz, o milho e a soja, que representam 92,4% da produção nacional de grãos e ocuparam 86,1% da área colhida. No período, a produção de soja foi a que mais cresceu (24,3%), seguida do milho (13%) e do arroz (3,2%).
Os dados do IBGE mostram ainda a estimativa de produção de cereais, leguminosas e oleaginosas em 2014 e estimam que o setor cresça 0,7% e chegue a 189 milhões de toneladas. As maiores expectativas são para o crescimento nas regiões Nordeste e Sudeste.
As regiões mais produtivas em 2013 foram a Centro-Oeste, que contribuiu para a safra nacional com 78,5 milhões de toneladas e a Região Sul, com 73 milhões. O Sudeste produziu 19,8 milhões de toneladas, o Nordeste, 12 milhões e o Norte, 4 milhões. O estado de Mato Grosso liderou como o maior produtor de grãos (24,5%), seguido do Paraná (19,4%) e do Rio Grande do Sul (16,1), que somam 60% da safra nacional.
Em Brasília, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o 4º Levantamento de Grãos da Safra 2013/2014. Segundo os dados, o Brasil deverá registrar produção de grãos de 196,7 milhões de toneladas na safra 2013/2014. O volume representa aumento de 5,2% em relação à safra passada, com registro de 186,9 milhões de toneladas.
Edição: Talita Cavalcante//Matéria alterada às 10h44 para acréscimo de informação.
Link:

Nenhum comentário: