Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Produção de veículos cresce 9,9% e bate recorde histórico em 2013! Nível de empregos nas montadoras aumentou 2,7%!

Mesmo com recuo nos últimos meses, emprego nas montadoras fechou 2013 em alta  - da Rede Brasil Atual, 07/01/2014

Montadoras de automóveis nunca produziram tanto como em 2013. Coitada da Miriam Leitão...
Em dezembro, empresas tinham 4 mil postos de trabalho em relação a igual mês de 2012. Mas fecharam 2,5 mil vagas nos últimos dois meses do ano. Produção de 2013 foi recorde

São Paulo – O nível de emprego na indústria automobilística cresceu 2,7% em dezembro, na comparação com igual mês de 2012, e fechou o ano com 4 mil postos de trabalho a mais, em um total de 153.474. São 131.632 no segmento de autoveículos e 21.842 em máquinas agrícolas. Nos dois últimos meses de 2013, as empresas fecharam aproximadamente 2.500 vagas. Em novembro, havia 156 mil trabalhadores no setor. 
Os dados fazem parte de relatório divulgado hoje (7) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).
Segundo a entidade, a produção no ano passado representou recorde histórico, atingindo 3,74 milhões de unidades, crescimento de 9,9% sobre 2012. As vendas somaram 3,77 milhões, queda de 0,9% em relação ao ano anterior. De acordo com as informações, as vendas de veículos nacionais aumentaram 1,5% e as de importados caíram 10,3% – a participação do importados recuou de 20,7%, em 2012, para 18,8%.
Dos automóveis vendidos, 59,5% eram de motores 1.0 a 2.0 e 88,5%, modelos flex fuel (em que podem ser usados tanto álcool como gasolina).
As exportações aumentaram 26,5% e totalizaram 563.268 unidades. Em valores, somaram US$ 16,6 bilhões, alta de 13,5%.
Link:

Nenhum comentário: