Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

terça-feira, 4 de março de 2014

Moniz Bandeira, o Império Ianque e o PNAC (Projeto para um Novo Século Americano)! - por Marcos Doniseti!

Moniz Bandeira, o Império Ianque e o PNAC (Projeto para um Novo Século Americano)! - por Marcos Doniseti!
Acima vemos alguns dos principais líderes e teóricos Neocons dos EUA: Donald Rumsfeld, Dick Cheney, Paul Wolfowitz...

Um excelente livro do Moniz Bandeira e que recomendo como leitura fundamental para se entender o que acontece hoje pelo mundo afora é o 'A Segunda Guerra Fria', que foi lançado em 2013. 


Neste livro essencial, Moniz Bandeira demonstra que os EUA decidiram (usando os atentados do 11 de Setembro de 2001 como um mero pretexto) construir um Império Global Permanente e que se tornasse hegemônico em TODOS os continentes durante todo o século XXI.

Outro objetivo fundamental dessa política é a de impedir o surgimento de qualquer país que possa, remotamente, ameaçar tal hegemonia do Império Ianque, em qualquer parte do planeta. 

Isso explica, por exemplo, porque os EUA desestabilizaram e derrubaram o governo de Viktor Yanukovich, na Ucrânia, que era aliado da Rússia, que é, de fato, ainda, a única potência que tem o poder de destruir os EUA numa eventual guerra nuclear. 

Nem a China possui essa capacidade, neste momento, embora ela esteja investindo muito para modernizar as suas Forças Armadas. 
O livro de Moniz Bandeira mostra como se deu o processo de formação do maior Império que o Mundo já conheceu e que deseja se manter como tal por todo o século XXI. 

Tal política ganhou um nome: Projeto para um novo Século Americano (PNAC) e foi criada pelos chamados Neocons, entre os quais temos nomes bastante conhecidos do público, como Donald Rumsfeld (chefiou o Pentágono durante o governo Bush), Dick Cheney (foi o Vice de Bush e, segundo as más línguas, era quem de fato mandava no governo dele) e Paul Wolfowitz (número 2 do Pentágono no governo Bush; posteriormente foi presidente do Banco Mundial). 


Originalmente, Colin Powell e Condoleezza Rice não eram integrantes do grupo, mas quando viram que Bush decidiu implementar a política dos Neocons, eles aderiram ao mesmo, de forma oportunista, é claro. 

O que o governo Bush fez, de fato, foi iniciar uma Terceira Guerra Mundial, usando os atentados do 11 de Setembro de 2001 como um pretexto para começar a mesma. 

O próprio Bush disse que os atentados de 11 de Setembro 2001 foram uma espécie de 'Pearl Harbor da Terceira Guerra Mundial'. Guerra que ele começou. Seu governo chegou a elaborar uma lista de 60 países cujos governos deveriam ser derrubados, fosse por meio de Guerras, Golpes de Estado ou Processos de Desestabilização. 

Aliás, um dos principais líderes e teóricos dos Neocons ianques - o próprio Paul Wolfowitz - já falava da necessidade de 'uma nova Pearl Harbor' para justificar o projeto de hegemonia global (o PNAC) dos EUA para o século XXI. 
O novo livro de Luiz Alberto Moniz Bandeira, lançado em 2013, que mostra como os EUA, via PNAC, iniciou a Terceira Guerra Mundial, o que foi confirmado pelo próprio George Bush, que foi quem a começou, baseado na estratégia e nas ideias dos Neocons ianques, como Dick Cheney, Donald Rumsfeld e Paul Wolfowitz. 

Então, tudo isso que os EUA passaram a fazer após os atentados de 11/09/2001 está diretamente relacionado ao PNAC. É o PNAC em ação.

Entre estas ações, temos:

1) Intervenções militares no Iraque, Afeganistão e Líbia; 

2) Golpes de Estado na Venezuela, Bolívia, Paraguai, Honduras; 

3) Processos de desestabilização de governos que não se submetem aos EUA, mesmo que tenham sido eleitos diretamente pela população, o que é o caso do governo da Irmandade Muçulmana do Egito (liderado por Mursi) e do governo de Viktor Yanukovich na Ucrânia. 

Segundo Victoria Nuland (a mesma que disse 'Foda-se a União Europeia), diplomata Neocon ianque, os EUA gastaram US$ 5 bilhões ao longo de muitos anos para poder assumir o controle da Ucrânia. 

Ambos os governos foram derrubados devido a movimentos golpistas que foram realizados em função de uma aliança dos EUA com grupos locais: o Exército no caso do Egito e os neonazistas e extremistas de direita no caso ucraniano.
O livro de Gene Sharp, que é um verdadeiro manual de instruções sobre como desestabilizar governos pelo mundo afora, mesmo que tenham sido eleitos diretamente pelo povo. 

E tais processos de desestabilização de governos que não se submetem à  vontade do Império Ianque seguem o manual de Gene Sharp, e que foi descrito em seu livro 'From Ditactorship To Democracy' 
(o livro está disponível na Internet para download, devidamente traduzido para o português).

É exatamente isso, o PNAC, que Moniz Bandeira analisa em seu livro, 'A Segunda Guerra Fria' e que foi elaborado pelos Neocons ianques como uma maneira de manter os EUA como sendo a ÚNICA potência global e com a finalidade de preservar a sua hegemonia de maneira incontestável durante todo o século XXI. 

E os Neocons que criaram o PNAC são os mesmos que assumiram o controle da política externa dos governos Bush Jr., e também, o de Obama. 
Victoria Nuland, diplomata dos EUA e que é mais uma Neocon do governo Obama, manda a União Europeia se f...

Isso explica porque as políticas externas destes dois governos são, basicamente, idênticas. 


Assim, de certa maneira, o livro 'A Segunda Guerra Fria' dá continuidade ao 'A Formação do Império Americano'. 

Recomento a leitura de ambos. 

Links:

Golpe de Estado na Ucrânia aconteceu na mesma data do incêndio do Reichstag por Hitler:

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2014/03/ucrania-incendio-do-reichstag-por.html

Governo golpista ucraniano é uma invenção do Ocidente e não tem futuro:

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2014/03/ucrania-governo-golpista-e-uma-invencao.html

Pepe Escobar: Ucrânia pode se dividir, ter bases da OTAN e ter mísseis nucleares russos apontados contra o país:

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2014/02/pepe-escobar-ucrania-pode-se-dividir.html

Ucrânia: É o porto de Sebastopol, estúpido!

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2014/03/pepe-escobar-ucrania-e-o-porto-de.html

Nenhum comentário: