Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 12 de abril de 2014

Dólar fecha abaixo de R$ 2,20 pela primeira vez em quase seis meses!

Dólar fecha abaixo de R$ 2,20 pela primeira vez em quase seis meses - da Agência Brasil

Em queda pelo quarto dia útil seguido, o dólar fechou abaixo de R$ 2,20 pela primeira vez em quase seis meses. O dólar comercial fechou hoje (7) vendido a R$ 2,1975, no menor valor desde 30 de outubro do ano passado, quando a cotação havia atingido R$ 2,192.

A cotação caiu 0,25% hoje, depois de oscilar o dia inteiro perto da estabilidade. Na mínima do dia, por volta das 15h, o dólar chegou a ser vendido a R$ 2,1917. A divisa acumula queda de 6,4% nos últimos 30 dias e de 8,1% no ano.

A queda ocorre uma semana depois de o Banco Central brasileiro ter aumentado a taxa Selic, juros básicos da economia, para 11% ao ano. Juros mais altos favorecem a entrada de capital financeiro do exterior porque tornam as taxas brasileiras mais atrativas em relação às das economias avançadas.

Também contribuiu para a queda do dólar o fato de a taxa de desemprego nos Estados Unidos ter se mantido em 6,7% em março, acima das expectativas das instituições financeiras. A resistência do desemprego em cair indica que o Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, mantenha os juros próximos de zero por mais tempo que o esperado.

No mês passado, o Fed havia indicado que poderia aumentar os juros da maior economia do planeta a partir de 2015.

Link:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2014-04/dolar-fecha-abaixo-de-r-220-pela-primeira-vez-em-quase-seis-meses


Meu Comentário!

Para tristeza dos 'analistas de economia' da Grande Mídia, o dólar está despencando. Eles estavam torcendo muito por uma disparada da moeda ianque. Quebraram a cara, mais uma vez.

Nenhum comentário: