Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Porque a pesquisa Sensus é fajuta! - por Marcos Doniseti!

Porque a pesquisa Sensus é fajuta! - por Marcos Doniseti!


Safra de grãos teve um crescimento de quase 93% nos governos Lula e Dilma. 

Até o blogueiro e jornalista do 'Estadão' especializado em pesquisas eleitorais, José Roberto de Toledo, ficou abismado (usando uma linguagem civilizada, é claro) com as aberrações dessa pesquisa fajuta do Sensus, que a 'IstoÉ' divulgará amanhã.

1) O nome de Aécio aparece primeiro na relação de candidatos, beneficiando-o claramente;

2) Não existem as opções 'Branco, Nulo ou Nenhum'. Aparecem apenas os nomes dos candidatos e dos seus partidos na relação que o eleitor tem que escolher;

3) Antes de responder a pergunta sobre como avalia o governo Dilma, é feita uma pergunta ao eleitor sobre o 'aumento dos preços dos alimentos' (que é um fenômeno meramente sazonal e que sempre ocorre nos primeiros meses de todos os anos);

4) A pesquisa foi registrada apenas DEPOIS que já tinha sido finalizada. Assim, fica mais fácil adulterar o resultado da mesma;

5) Ao contrário do que se pensa, a pesquisa Sensus NÃO É RECENTE. Ela foi feita entre os dias 22 e 24 de Março, ou seja, há mais de uma semana atrás. É uma pesquisa velha que está sendo divulgada como se tivesse acabado de 'sair do forno', o que é mentira;

6) A pesquisa foi feita logo depois que o PSDB exibiu o seu programa em rede nacional de rádio e TV, no qual Aécio teve uma grande exposição, o que beneficia novamente o candidato tucano;

7) Assim, a pesquisa também não captou, é claro, os efeitos do discurso de Dilma exibido no dia 30 de Abril, sobre o Dia do Trabalhador, e no qual novas medidas em benefício dos trabalhadores e dos mais pobres foram anunciadas pela Presidenta (aumento do salário mínimo para 2015, reajuste da tabela do IR e reajuste dos benefícios do Bolsa Família).

Resumindo: A pesquisa Sensus é fajuta e não merece ser levada à sério, sendo mais uma da série de pesquisas eleitorais que estão sendo feitas (por Ibope, Datafolha, Sensus, MDA) sempre com o objetivo de derrubar, artificialmente, as intenções de voto em Dilma, bem como em diminuir os índices de aprovação do seu governo.

Parece que, nesta campanha eleitoral, as únicas pesquisas eleitorais que poderemos levar em consideração serão aquelas realizadas pelo instituto Vox Populi, dependenda da forma como este irá realizá-las também, é claro.

E é bom não esquecer que todos estes institutos (menos o MDA, mas cujas pesquisas são encomendadas pela CNT, presidida por Clésio Andrade, senador do PMDB que apoia Aécio e assinou o pedido de instalação da CPI da Petrobras) participaram de uma reunião, no início do ano, onde um dos maiores bancos do mundo, o J.P. Morgan, perguntava aos representantes dos institutos o que seria necessário fazer para derrotar Dilma. 

Manipular as pesquisas na cara-dura parece que foi um das respostas obtidas nesta reunião.

Links:

http://blogs.estadao.com.br/vox-publica/2014/05/02/aecio-aparece-primeiro-na-cartela-do-sensus/

http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2014/03/em-encontro-institutos-de-pesquisa-buscam-formula-perfeita-para-derrotar-dilma-8847.html

Nenhum comentário: