Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Os erros de Felipão nesta Copa do Mundo - por Marcos Doniseti!

Os erros de Felipão nesta Copa do Mundo - por Marcos Doniseti!


Felipão precisa mudar o esquema tático e o posicionamento de alguns jogadores que estão atuando totalmente fora de suas funções. 


Os erros de Felipão nesta Copa do Mundo são: 

1) Felipão não convocou nenhum jogador de criação de jogadas (Phelipe Coutinho seria uma ótima opção) e agora temos um meio-de-campo sem nenhuma criatividae;

2) Ele também não convocou nenhum atacante de velocidade, que se movimente bastante (Diego Tardelli teria sido uma ótima opção). Fred e Jô são atacantes lentos, que jogam dentro da áreas, mas que se movimentam pouco;

3) Ele faz o time jogar no mesmo esquema da Copa das Confederações (o ridículo 4-2-3-1, que na versão felipesca é extremamente retranqueiro) e que não funcionou em nenhum jogo da Copa do Mundo, pois é claro que foi estudado e anulado pelos técnicos adversários, que de bobos não tem nada;

4) Além disso, ele insiste em escalar Oscar e Hulk como 'pontas defensivos', que jogam apenas para marcar os laterais adversários. E eles nunca jogaram assim em suas carreiras. Resultado: Nenhum dos dois joga bem;

5) Felipão recusa-se a tirar do time alguns jogadores que estão rendendo pouco e jogando mal, casos de Fred e Daniel Alves, e não muda o já fracassado esquema tático que adotou.

Felipão é um treinador, mas não é técnico. Ele não sabe nada de esquema tático.

Ele é um treinador que une o grupo em torno de um objetivo e o faz jogar com vontade e determinação. Mas ele é péssimo para organizar taticamente o time.

E ele tem outro defeito grave: é teimoso demais, demorando muito para fazer as mudanças que o time necessita.

Ele não mexe no esquema tático e quando tira algum jogador do time ele troca '6 por meia dúzia'. Ele tira um atacante e põe outro; tira um volante de marcação e coloca outro. Daí o time continua jogando mal.

Mexer no esquema tático, que é bom, nada.

Por isso, entendo que trocar os jogadores, apenas, não irá resolver nada. É preciso mexer no esquema tático, adotando um 4-4-2 ou um 4-4-1-1 e colocar Oscar e Hulk em suas posições de origem (meio-de-campo e ataque).

Meu time para jogar contra a Colômbia seria o seguinte (4-4-2): J.César, Maicon, D.Luiz, Thiago S, Marcelo; Ramires, Fernandinho, Oscar e Neymar; Fred e Hulk.

Obs: Há um claro problema emocional com os jogadores brasileiros, com a bola queimando em seus pés. E isso está atrapalhando muito o desempenho da Seleção. 


Mas entendo que se a Seleção começasse a jogar melhor, a parte emocional do time também iria melhorar. 

Tais mudanças, por si, seriam suficientes para garantir uma vitória contra a Colômbia? Ninguém sabe. Mas tenho certeza de que o Brasil jogaria bem melhor do que o faz atualmente.

Por isso, é preciso fazer as mudanças que citei. 


Assim, a equipe poderá jogar bem melhor contra a Colômbia e se classificar para a semifinal, visto que a seleção colombiana está jogando o futebol mais bonito desta Copa. 

Se isso acontecer, entendo que os jogadores saberão controlar melhor as suas emoções.

Senão...

Nenhum comentário: