Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 12 de julho de 2014

Comentários sobre a final da Copa 2014! - por Marcos Doniseti!

Comentários sobre a final da Copa 2014! - por Marcos Doniseti!



1) As Seleções da Alemanha e da Argentina chegaram à final da Copa, merecidamente, após mudanças táticas e na escalação que os seus técnicos fizeram em ambos os times durante a competição;

A) Exemplo: Alemanha começou a Copa com o Lahm jogando de volante. Não funcionou. Daí o técnico Joachim Low o colocou na lateral-direita e o time melhorou;

B) Exemplo: Na Argentina, o Técnico Sabella tirou Gago, que não estava jogando bem, e colocou Biglia em seu lugar. O time também melhorou;

2) Enquanto isso, Felipão insistiu em manter como titulares do Brasil jogadores que atuavam mal em todos os jogos (Daniel Alves, Fred, Paulinho). Essa teimosia custou caro, como se viu;

3) Alemanha e Argentina chegam merecidamente à final da Copa 2014 porque tem as suas gerações mais talentosas em mais de 20 anos;

A) Argentina tem Messi (Barcelona), Aguero (Manchester City), Di María (Real Madri) Higuaín (Napoli) e Lavezzi (PSG), por exemplo;

B) E a Alemanha tem Kroos (Bayern), Schweinsteiger (Bayern), Lahm (Bayern), Neuer (Bayern), Muller (Bayern), Khedira (Real Madri), Ozil (Arsenal).

4) Jogo entre Alemanha e Argentina tem tudo para ser bastante equilibrado. Mas Alemanha chega 'mais inteira' fisicamente para a final;

A) Messi está bastante cansado. A partir dos 30 minutos do 2o. tempo contra a Holanda ele apenas andou em campo. E Di María volta de contusão;

B) Aguero é outro jogador da Argentina que sofreu problema muscular durante a Copa e está longe da sua melhor forma física e técnica;

C) Desde as oitavas-de-final, a Argentina já disputou duas prorrogações (contra a Suíça e a Holanda) e decidiu uma vez nos pênaltis (justamente na semifinal, contra a Holanda);

D) Já a Alemanha fez apenas uma prorrogação (nas oitavas-de-final, contra a Argélia) e não precisou de penais em nenhum jogo. E contra a França e o Brasil, a Alemanha venceu os seus jogos ainda no tempo normal de partida;

E) Se a final da Copa for para a prorrogação, entendo que a Alemanha terá essa vantagem, de ter sofrido um desgaste bem menor no aspecto físico do que a Argentina;

E numa final de Copa do Mundo, que sempre é muito equilibrada, isso pode acabar ajudando os alemães;

F) Entre os jogadores titulares, a Alemanha não tem problemas de contusão. Já no caso da Argentina, Di María e Aguero estão retornando de problemas musculares.

E enquanto Di María está fazendo uma excelente Copa do Mundo, Aguero está jogando bem abaixo do que costuma fazer no Manchester City.

A vantagem da Argentina chama-se Messi que, em um ou dois lances pode acabar decidindo a partida. Mas é claro que a Alemanha sabe disso e irá procurar impedir que ele jogue o seu futebol, tal como a Suíça e a Holanda fizeram.

Nestas condições, considero que a Alemanha tem um pouco mais de chance de vencer a Copa. Mas, se o Messi estiver inspirado ou, ainda, se os alemães não conseguirem fazer uma marcação eficiente sobre ele, sai de baixo.]


Obs: Caso tenhamos uma goleada na final da Copa, tal como ocorreu na partida entre Alemanha 7 X 1 Brasil, isso será uma grande surpresa, sem dúvida alguma. As seleções alemã e argentina são muito fortes e o normal é que o placar final seja bastante apertado, algo como 1 X 0, 2 X 0 ou 2 X 1 para um dos times. Uma final é que o vencedor ganhe por 3 ou mais gols de diferença será algo incomum. 

Tanto que nas duas vezes anteriores em que Alemanha X Argentina disputaram uma final de Copa do Mundo, o resultado foi apertado: Argentina 3 X 2 Alemanha (1986) e Alemanha 1 X 0 Argentina (1990). Em 2006, a Alemanha eliminou a Argentina nas quartas-de-final, na cobrança de pênaltis e em 2010, os alemães golearam os argentinos por 4 X 0, o que foi um resultado bastante incomum e que muito dificilmente irá se repetir agora. 

Nenhum comentário: