Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 26 de julho de 2014

Petrobras é a empresa mais valiosa do Brasil; ações tiveram valorização de 72% desde Março!

Petrobras é a empresa mais valiosa do Brasil; ações cresceram 72% - do Vermelho




De acordo com informações publicadas no portal IstoÉ Dinheiro, a Petrobras superou a Ambev e voltou a ser a empresa mais valiosa do Brasil. Com alta de 0,7% no pregão da última terça-feira (22), a petroleira brasileira retoma o posto, 


A Petrobras vale R$ 262,9 bilhões. A Ambev, R$ 261,5 bilhões. Ou seja, uma diferença entre ambas é de R$ 1,4 bilhão. Neste ano, as ações da companhia comandada por Graça Foster valorizaram-se 31%. E quando comparamos o cenário dos últimos dois anos esse crescimento sobe para 72%.

Em termos de fundamentos econômicos, nada mudou nas duas companhias. Operadores do mercado acreditam que as ações da estatal podem subir ainda mais e isso vai na esteira dos recordes de produção da Petrobrás.


Há uma opinião positiva e convergente para quem acompanha o desempenho da estatal, Graça Foster acertou na decisão estratégica de dar prioridade à busca por petróleo. O Credit Suisse, em relatório a investidores, chamou o pré-sal de Harvard das águas profundas”, reconhecendo a riqueza que a estatal preservou, em leilões, para si própria, nos contratos de concessões compartilhadas.

Crescimento projetado

De acordo com informações da Agência Petrobras, a produção de petróleo da estatal no Brasil atingiu em junho a média de 2 milhões e 8 mil barris/dia (bpd), superando em 1,7% a produção de maio, que foi de 1 milhão 975 mil bpd. Incluída a parcela operada pela Petrobras para seus parceiros no Brasil, o volume alcançou a marca de 2 milhões 135 mil bpd, 2,1% acima do volume produzido no mês anterior, que foi de 2 milhões e 92 mil bpd. 




O crescimento da produção decorreu, principalmente, do aumento do volume produzido pela plataforma P-62, que começou a operar em maio no campo de Roncador (Bacia de Campos). Nos próximos meses serão interligados a essa unidade um total de 22 poços, sendo 14 produtores de petróleo e gás e oito injetores de água. Do tipo FPSO (plataforma que produz, armazena e transfere petróleo, na sigla em inglês), essa unidade tem capacidade para processar, diariamente, até 180 mil barris de petróleo e seis milhões de metros cúbicos de gás natural.

Outro ganho da estatal em 2014 é na produção de diese. Sem perder de vista os princípios de Segurança, Meio Ambiente e Saúde, a Petrobras atingiu recorde de 105 mil metros cúbicos por dia de processamento de diesel em suas refinarias no Brasil.

Este desempenho vem contribuindo para a redução das importações de diesel e é reflexo do aumento da eficiência operacional das unidades do refino e da gestão integrada da cadeia de suprimento.

Da Redação
Com informações da IstoÉ Dinheiroe da Agência Petrobras


Link:

http://www.vermelho.org.br/noticia/246464-1

Nenhum comentário: