Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 13 de julho de 2014

Porque a Seleção Brasileira tem grandes chances de ficar de fora da Copa 2018! - por Marcos Doniseti!

Porque a Seleção Brasileira tem grandes chances de 

ficar de fora da Copa 2018! - por Marcos Doniseti!




Vejo algumas pessoas dizendo que a Seleção Brasileira não foi bem nesta Copa, mas que na próxima, em 2018, e que será na Rússia, iremos lutar pela conquista do hexa. 

Povo, cai na real: Jogando o que jogou nesta Copa, a Seleção Brasileira NÃO irá sequer conseguir se classificar para a Copa de 2018..

Ou alguém pensa que o futebol brasileiro sai desta Copa tão respeitado quanto era antes da mesma? Sem chance.

O mundo todo viu: A Seleção Brasileira é uma piada, um arremedo de time. O ex-jogador inglês Gary Lineker, artilheiro da Copa 1986, disse que a Seleção Brasileira parece um time AMADOR.

As seleções sul-americanas viram o quanto decaiu o futebol brasileiro e, a partir de agora, vão tratar o Brasil como um time qualquer.

O respeito (e o medo que, muitas vezes, vinha junto com ele) que os países vizinhos tinham pelo futebol brasileiro acabou.

Assim, ou mudamos radicalmente a estrutura e a organização do futebol brasileiro, escolhemos uma Comissão Técnica atualizada com que o se faz no futebol mundial em termos de preparação (física, técnica, tático e mental) de jogadores, convoca-se os melhores jogadores disponíveis, ou então iremos assistir, pela primeira vez na história, a uma Copa do Mundo sem a participação da Seleção Brasileira.

E mesmo que se classifique, duvido que teremos alguma chance de conquistar o título mundial em 2018. E digo isso por vários motivos, como:

Grande parte dos jogadores brasileiros que disputou esta Copa 2014 não estará em 2018, caso consigamos a classificação. E outros que serão convocados serão novatos em 2018 e não terão nenhuma experiência em disputa de Copas do Mundo.

Enquanto isso, a Alemanha tem uma geração forte, talentosa e com idade suficiente para disputar a Copa de 2018. Muitos, inclusive, tem idade para disputar a Copa de 2022. A França também tem uma Seleção boa, talentosa, com muitos jogadores jovens e que tende a melhorar cada vez mais nos próximos anos.





A Argentina também terá uma ótima seleção para 2018, com a presença de muitos jogadores que disputam a Copa 2014. E até lá, outras seleções, com mais experiência, tem tudo para melhorar e bastante, caso da Suíça e da Bélgica, pois também possuem uma geração de bons jogadores. E outras seleções poderão e deverão evoluir até 2018.

Logo, enquanto muitas seleções estão fortalecendo o seu futebol, melhorando e evoluindo cada vez mais, o futebol brasileiro e a Seleção Brasileira regrediram brutalmente.

Já apontei aqui quais são alguns dos principais problemas que ambos enfrentam, que são: clubes falidos, gestão medíocre, CBF e Federações ineptas, a falta de atualização dos técnicos brasileiros, o não surgimento de novos talentos, etc.

Assim, a perspectiva para o futebol brasileiro e para a Seleção Brasileira é tenebrosa. 


A crise que atingiu a ambos é bastante grave, muito mais do que foi em qualquer outro momento da nossa história futebolística.

Sem mudanças drásticas, nunca mais ganharemos uma Copa do Mundo.

Quem viver, verá.


Link:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=1&id_noticia=245659