Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 5 de julho de 2014

Willian deverá substituir Neymar nas partidas decisivas da Copa! Ramires também deveria entrar no time titular! - por Marcos Doniseti!

Brasil derrota a Colômbia e faz a sua melhor partida na 

Copa! - por Marcos Doniseti!

Willian deverá substituir Neymar nas partidas decisivas da 

Copa! Ramires também deveria entrar no time titular! 


Willian, David Luiz, Ramires e Oscar jogam juntos no Chelsea já há vários anos. Felipão deveria colocar Willian e Ramires no time titular, pois daí o Brasil se beneficiaria com o entrosamento dos mesmos.

Na partida contra a Bélgica, Felipão mudou o esquema tático da Seleção Brasileira (finalmente!), abandonando o falido e já manjado (pelos adversários, é claro) 4-2-3-1 e adotando o 4-4-2. Neste esquema, Fernandinho, Paulinho, Oscar e Hulk jogavam mais centralizados, reforçando a marcação e tocando a bola no meio-de-campo. Fernandinho, em especial, não deixou James Rodriguez ficar à vontade, marcando-o muito bem durante toda a partida. 

E o Brasil marcava intensamente a Colômbia já na saída de bola desta, fazendo com que os brasileiros roubassem a bola dos colombianos em várias oportunidades já no primeiro tempo de jogo.  

Assim, o Brasil melhorou muito em relação aos jogos anteriores, ficando bem mais forte defensivamente e chegando mais vezes ao ataque. Com isso, não foi surpresa quando a Seleção Brasileira abriu o placar. 

Obs: Diz que, na Colômbia, ao verem o Brasil jogando tão bem, a pergunta que os colombianos faziam era 'Cadê o Brasil dos quatro jogos anteriores'?.


Falta violenta cometida por Zuniga em Hulk, ainda no 1o. tempo da partida. Se ele tivesse sido expulso, como seria mais do que justo, Neymar ainda estaria em condições de jogar a Copa do Mundo e a partida teria sido bem mais tranquila para o Brasil. 

No segundo tempo, a Colômbia voltou jogando melhor e o Brasil piorou, sendo que os brasileiros já não conseguiam marcar tão bem, o que deu mais liberdade para que James Rodriguez, seu melhor jogador e que ficou sumido durante todo o primeiro tempo, melhorasse  bastante. E foi numa jogada que ele criou que gerou o pênalti, no que o próprio James converteu, que a Colômbia marcou o seu gol, o que deixou o Brasil visivelmente mais nervoso.

Aliás, Felipão errou feio ao não mexer no time quando o Brasil vencia por 2 X 0, mas com a Colômbia jogando melhor. Ele deveria ter tirado Fred e colocado Willian ou Bernard em seu lugar, pois assim o Brasil poderia ter explorado melhor os contra-ataques proporcionados pelos colombianos em várias oportunidades. Fred é um atacante lento e em várias oportunidades 'matou' o contra-ataque do Brasil devido a isso. 

Mas daí Felipão acordou, reforçou a defesa e no meio-de-campo, e o Brasil conseguiu segurar o 2 X 1 até o final.

Infelizmente, porém, o Brasil perdeu Neymar para os dois jogos finais da Copa, devido a uma falta violenta e criminosa de Zuniga, que já havia acertado o joelho de Hulk no primeiro tempo (ver imagens neste post) de forma bastante violenta. 

E olha que o árbitro nem marcou falta no lance... Haja incompetência.

Aliás, a falta de Zuniga em Hulk já era motivo mais do que suficiente para expulsá-lo e se isso tivesse acontecido, a história do jogo teria sido outra, com o Brasil dominando inteiramente a partida até o final da mesma e, com isso, o mesmo Zuniga não teria tirado Neymar da Copa do Mundo. 

Logo, o árbitro teve influência direta no andamento e no resultado da partida e também pode ser responsabilizada pelo fratura que tirou Neymar da Copa do Mundo. 

Afinal, qual é o esporte que o Zuniga pratica, hein? Futebol é que não é... E aí, FIFA, vamos puní-lo ou é só morder que não é permitido? 

Se a FIFA puniu Luis Suárez por uma mordida que não gerou maiores consequências para Chielini, a questão que se faz é: O que acontecerá com Zuniga? E com o árbitro, que não o expulsou quando deveria? Vamos aguardar. 

Com relação ao próximo jogo, muito provavelmente o Willian deverá substituir o Neymar. 

Willian é bom jogador, marca e passa bem, e ainda é ágil e rápido. E é bom lembrar que o Willian joga no Chelsea, que é o mesmo time do Oscar e do David Luiz (que, na próxima temporada, irá jogar no PSG) e eles já tem um entrosamento maior em função disso.

A boa surpresa do jogo foi a entrada de Maicon como titular, no lugar de Daniel Alves, e como ele teve uma boa atuação, a perspectiva é a de que ele se mantenha no time titular para a semifinal contra a boa, forte e experiente seleção da Alemanha, que tem 11 jogadores que disputaram a Copa de 2010 (e 4 deles também jogaram a Copa de 2006, na própria Alemanha).

Assim, se Felipão não mudar de ideia, o time do Brasil contra a Alemanha deverá repetir a formação tática do jogo contra o Chile (que foi o 4-4-2) e ser escalado assim: J.César, Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; L.Gustavo, Fernandinho, Oscar e Hulk; Willian e Fred.

Porém, se eu fosse o técnico do Brasil, no entanto, tiraria o Fred do time e colocaria Willian e Hulk no ataque. E para substituir o Willian no meio-de-campo eu colocaria o Paulinho, que melhorou bastante em relação às primeiras partidas e que jogou bem contra a Colômbia, mas que pode melhorar ainda mais, pois tem futebol para isso. 


Daí a escalação ficaria assim: J.César, Maicon, D.Luiz, Dante e Marcelo; L.Gustavo, Paulinho, Fernandinho e Oscar; Willian e Hulk.

Outra opção seria colocar o  Ramires no lugar do Paulinho. Com isso, a Seleção Brasileira teria um time titular com quatro jogadores que atuaram no mesmo clube nos últimos anos, que é o Chelsea (obs: David Luiz irá jogar pelo PSG, da França, na próxima temporada) e isso poderia beneficiar o Brasil, devido ao entrosamento dos mesmos. 

O péssimo árbitro espanhol Velasco Carballo, que deixou de expulsar Zuniga ainda no 1o. tempo da partida e que sequer marcou falta no lance em que o desleal jogador colombiano tirou Neymar da Copa, ao quebrar a terceira vértebra lombar do mesmo. E aí, esse incompetente não será punido, não, FIFA?


Desta maneira, a Seleção Brasileira ficaria assim: J.César, Maicon, D.Luiz, Dante e Marcelo; L.Gustavo, Ramires, Fernandinho e Oscar; Willian e Hulk.

Assim, teríamos um meio-de-campo com jogadores que são bons na marcação, que sabem tocar bem a bola e articular a criação de jogadas. E o entrosamento dos quatros jogadores do Chelsea poderia ajudar muito agora que o Brasil não tem mais a importante figura de Neymar, que em um único lance poderia decidir uma partida. 


Na ausência de Neymar, o importante será fortalecer o jogo coletivo da Seleção. 

E com quatro jogadores titulares que atuam no mesmo clube há vários anos, esse entrosamento ajudaria a melhorar ainda mais o desempenho da Seleção Brasileira que, na partida contra a Colômbia, já foi bem melhor do que nas quatro partidas anteriores.

E com o Willian e o Hulk no ataque, este ficaria bem mais rápido, pois são jogadores que se movimentam muito mais do que Fred, que é um típico atacante de área, que se movimenta pouco, pois é um jogador lento.

Vai pra cima dos alemães, Brasil! Rumo ao Hexa!


http://www.superesportes.com.br/app/18,625/2014/07/04/interna-noticia,31123/bicampeao-em-1962-amarildo-da-conselhos-para-o-substituto-de-neymar.shtml

Nenhum comentário: