Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 4 de outubro de 2014

As ‘Realizações’ do governo FHC-PSDB-Aécio (Parte 2) - por Marcos Doniseti!

As ‘Realizações’ do governo FHC-PSDB-Aécio - por Marcos Doniseti! - Parte 2

Se dependesse dos tucanos a obra de transposição do Rio São Francisco jamais teria sido realizada.

1) No governo FHC, a taxa de inflação ficou em 9,5% em 2002 (média anual);
2) A taxa de juros (Selic) chegou a ser elevada para 49,75% ao ano pelo então presidente do Banco Central, Armínio Fraga, o mesmo que Aécio já anunciou que será o seu futuro ministro da Fazenda;

3) FHC construiu apenas 1 universidade federal e proibiu o governo federal de construir escolas técnicas;
4) O Brasil possuía o segundo maior número de desempregados do mundo, ficando atrás apenas da Índia;
5) A taxa Selic chegou a ser elevada para 49,75% ao ano; 6) As reservas internacionais líquidas do país eram de apenas US$ 17 bilhões no final de 2002;
7) O salário mínimo era de apenas R$ 200 em 2002, o equivalente a US$ 56;
8) O Brasil recorreu três vezes ao FMI, do qual emprestou US$ 86,5 bilhões;
9) FHC condecorou o ditador do Peru, Alberto Fujimori, que depois foi condenado a 25 anos de prisão em seu país por corrupção e desrespeito aos direitos humanos;
10) O valor gasto para viabilizar as privatizações foram R$ 2,5 bilhões maiores do que o valor total obtido com as mesmas;
11) Tivemos o único racionamento de energia de alcance nacional dos últimos 60 anos no país;
12) Os escândalos de corrupção nunca eram investigados, nem por CPIs, nem pela Polícia Federal e tampouco pelo Ministério Público, que era comandado por um Procurador-Geral que mandou a maioria absoluta das denúncias para o arquivo e para a gaveta, tendo ficado conhecido omo o Engavetador-Geral da República.
13) Casos como o da compra de votos para aprovar a reeleição, e beneficiar FHC, e o afundamento da P-36, maior plataforma de extração de petróleo do mundo, nunca foram devidamente investigados.

PSDB e Neoliberalismo Nunca Mais!

Nenhum comentário: