Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Para reduzir a inflação, Aécio irá triplicar a taxa de desemprego e irá mais do que dobrar a taxa de juros (Selic)! - por Marcos Doniseti!

Para reduzir a inflação, Aécio irá triplicar a taxa de desemprego e irá mais do que dobrar a taxa de juros (Selic)! - por Marcos Doniseti!


Aécio promete reduzir a inflação de 6% para 3% ao ano. 
Mas o que ele não diz é que para conseguir isso, será necessário elevar a taxa Selic de 11% para 25% ao ano e o desemprego terá que triplicar, passando de 5% para 15%.
A informação está na edição da revista 'CartaCapital' desta semana, na coluna 'Rosa dos Ventos', de Maurício Dias.

Da 'CartaCapital':

"O economista Carlos Cosenza, professor da Coppe-UFRJ, submeteu a um teste de consistência matemática a promessa de Armíno Fraga de reduzir rapidamente a taxa de inflação para 3% ao ano.
Fraga é pré-indicado a ministro da Fazenda, se Aécio Neves ganhar a eleição.
Segundo Cosenza, para que isso aconteça, a taxa de desemprego deveria alcançar 15% e a taxa de juros seria elevada a 25%.
Há forte possibilidade de que, ante taxas de juro tão altas, e independentemente do desemprego de nível europeu, a produção caia, arrastando a oferta, e a taxa de inflação continue resistindo.'.

Obs: A informação consta na edição impressa da revista, mas não na Internet.

Nenhum comentário: