Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Pesquisas do 2o. turno poderão ser manipuladas com mais facilidade! - Marcos Doniseti!

Pesquisas do 2o. turno poderão ser manipuladas com mais facilidade! - Marcos Doniseti!


Em Novembro de 2002 a taxa de inflação foi de 5,19%, quase igual à de todo o ano de 2013 (5,91%). Será que os brasileiros irão querer isso de volta? 

Um alerta a todos: A partir do momento em que sabemos, com a divulgação do resultado final do primeiro turno da eleição, em qual estado, cidade e a zona eleitoral em que cada um dos candidatos foi melhor votado no primeiro turno, não será nada difícil fazer uma pesquisa sob medida para beneficiar algum candidato. 

Exemplo: Na Bahia, Dilma foi a mais votada, certo? Mas em uma única cidade da Bahia, Aécio conseguiu ser o mais votado. 

Daí, um Ibope ou Datafolha poderá escolher justamente essa cidade da Bahia para fazer entrevistas neste segundo turno. 

Outra possibilidade de manipulação é a de em uma determinada cidade, a maioria dos entrevistados ser de um bairro em que um certo candidato foi muito bem votado na eleição e fazer poucas entrevistas na região em que ele foi mal votado. Em São Paulo, por exemplo, Dilma venceu nas regiões mais periféricas da capital paulista e teve bem menos votos do que nas regiões mais ricas. Se quiserem fazer uma pesquisa para derrubar as intenções de voto em Dilma, bastará reduzir o número de entrevistados nas periferias e aumentar os da regiões mais ricas. 

Logo, conforme o número de eleitores de cada região pesquisada, poderá estar se beneficiando ou prejudicando um certo candidato. E isso, agora, é facilitado porque já se conhece em detalhes o resultado final do primeiro turno das eleições. 

Assim, mesmo sem manipular nenhum número o instituto estará beneficiando Aécio ao fazer a pesquisa. 

Assim, a manipulação das pesquisas ficará muito mais fácil neste segundo turno. 

Logo, se as pesquisas já demonstraram, no primeiro turno, que não são nada confiáveis, neste segundo turno elas serão menos ainda. 

Portanto, o melhor a fazer é ignorá-las e continuar lutando pela vitória de Dilma.

Nenhum comentário: