Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Atentado em Paris - Afinal, quem foi o autor? - por Marcos Doniseti!

Atentado em Paris - Afinal, quem foi o autor? - por Marcos Doniseti!

Atentado contra a publicação Charlie Hebdo está diretamente relacionado ao preconceito e intolerância crescentes entre os vários fundamentalismos: cristão, judaico, islâmico.
O atentado em Paris é um crime covarde e inaceitável, como também é o uso de Drones por parte do governos EUA, que matam milhares de civis muçulmanos pelo mundo afora, todos os anos, independentes deles serem terroristas ou não.
A diferença é que muito poucos dizem que o presidente Obama é um Terrorista em função disso. E ele é.

Também não podemos esquecer do atentado de Oklahoma (em 1995) e daquele que matou o então primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin (1995).
Muitos pensaram, quando eles aconteceram, que ambos eram obra de extremistas islâmicos. Em nenhum dos dois atentados isso se confirmou.
No fim das contas, foram extremistas de direita dos próprios países os autores dos atentados. Na Noruega tivemos aquele massacre que matou 77 militantes do Partido Trabalhista local em 2011 e que foi promovido, também, por um extremista de Direita (Anders Breivik).
Quem mais se beneficia com esse atentado horripilante que tivemos na França são justamente os grupos Extremista de Direita e os partidos políticos xenófobos e racistas do Velho Mundo (como a Frente Nacional francesa, por exemplo).
Então, vamos esperar para ver se, de fato, ele foi obra de extremistas islâmicos ou de algum serviço secreto ou ainda de algum grupo de extrema-direita ocidental.
Todas estas possibilidades não podem ser descartadas, pois os grupos Extremistas de Direita e os partidos políticos racistas, xenófobos e neofascistas tiveram um crescimento expressivo em quase toda a Europa nos últimos anos e se beneficiariam ainda mais com um atentado como esse que ocorreu, lamentavelmente, na França.
A CIA e os militares dos EUA, por exemplo, inventaram um incidente no Golfo de Tonquim, em 1965, para justificar o envolvimento direto de tropas americanas na Guerra do Vietnã.
Um atentado promovido por grupos extremistas islâmicos não pode ser descartado, é claro, vide as inúmeras guerras em que os países ocidentais travaram, e continuam promovendo, em países muçulmanos nas últimas décadas, como são os casos de Iraque, Afeganistão, Líbia, Iemên e Síria.
Que algum grupo extremista islâmico que luta contra os EUA e a OTAN (da qual a França é integrante) pelo mundo afora seja o responsável pelo atentado de Paris é algo que também não pode ser descartado, portanto.
O fato é que o atentado deverá beneficiar os partidos e movimentos de extrema-direita europeus e representa uma derrota, mais uma, daqueles que defendem soluções pacíficas e negociadas para os principais problemas internacionais.

Links:

Ação do Fascismo islâmico somente fortalece o fascismo europeu:

Anders Breivik é condenado a 21 anos de prisão por atentado terrorista que matou 77 pessoas na Noruega:

Nenhum comentário: