Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Porque os EUA estão próximos da implosão de mais uma bolha especulativa no mercado de ações! - Marcos Doniseti!

Porque os EUA estão próximos da implosão de mais uma bolha especulativa no mercado de ações! - Marcos Doniseti!
Taxa de desemprego na Zona do Euro chegou a 11,1% em Maio deste ano. Na Espanha ela é de 23,8% e na Grécia chega aos 25,6%, patamares atingidos somente em épocas de Grande Depressão.
Como se não bastasse a China, agora vem a público a informação de que os EUA tamvém viveram uma significativa Bolha Especulativa em suas Bolsas de Valores nos últimos anos e cuja formação foi estimulada (como sempre) pelo FED, que adotou uma política de Juro Zero a fim de estimular a retomada do crescimento econômico do país.

O resultado é que as empresas aproveitaram a onda para pegar dinheiro emprestado a 0% ao ano e o utilizaram não para promover investimentos produtivos, mas para comprar ações delas mesmas, gerando uma forte valorização das ações, o que ocorreu num patamar muito maior do que o desempenho da economia real poderia justificar.

Traduzindo: Formou-se uma nova Bolha Especulativa nas Bolsas de Valores dos EUA e, agora, ela está se aproximando do seu fim, segundo pessoas que entendem do assunto, como são os casos de Jane Yellen (presidente do próprio FED), Nouriel Roubini (que previu a crise de 2008 com vários anos de antecedência), Lawrence Summers (ex-Secretário do Tesouro dos EUA) e de Robert Shiller (Prêmio Nobel de Economia), entre outros. 

E quando isso acontece, ou seja, a implosão de uma Bolha Especulativa, sempre temos o início de uma nova crise econômica, financeira e social, gerando recessão aumento do desemprego, da pobreza e da miséria. 

Na crise anterior, de 2007-2008, os governos dos EUA e da Europa injetaram cerca de US$ 20 trilhões a fim de salvar os sistemas financeiros privados das duas economias, que literalmente faliram com a crise. 

E agora, será possível fazer isso novamente, num momento em que os governos dos EUA e da UE já acumularam dívidas públicas imensas (que chegam a passar de 100% do PIB em vários países, como são os casos dos EUA, Itália, Portugal e Grécia)? 

Além disso, o governo chinês também estimulou a formação de uma Bolha Especulativa na Bolsa de Valores de Xangai e que, agora, também está implodindo. 

E a União Europeia ainda está longe de se livrar dos trágicos efeitos provocados pela crise iniciada em 2007-2008. A crise da Grécia e a elevada taxa de desemprego do bloco europeu comprovam isso. Na Zona do Euro a taxa de desemprego chega a 11,1% e na Grécia ela é de 25,6%. 

Portanto, as três maiores economias do mundo estão prestes a mergulhar em uma nova crise econômica, financeira e social. E se isso acontecer, então a mesma ocorrerá antes mesmo que os efeitos da crise anterior tenham sido superados. Um destes efeitos foi que 61 milhões de trabalhadores ficaram desempregados, segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho). 

Os sinais são mais do que evidentes: Ou o Capitalismo passa por mudanças significativas, e rapidamente, ou então o mesmo poderá caminhar para um desastre de proporções apocalípticas e isso poderá vir a acontecer muito em breve. 

Links:

EUA estão próximos da implosão de mais uma bolha especulativa no mercado de ações:

http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/4155187/problema-que-fed-criou-nas-bolsas-dos-eua-que-pode

China: Bolsa de Xangai enfrenta implosão de bolha especulativa:


UE decide esmagar a Grécia para impor políticas fracassadas de arrocho novamente:


Crise global iniciada em 2008 gerou 61 milhões de desempregados:


Taxa de desemprego na Zona do Euro é de 11,1%:

Nenhum comentário: