Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 20 de setembro de 2015

EUA tem deflação de 0,1% em Agosto! Taxa anual é de ridículos 0,2%! FED mantém juros inalterados - Marcos Doniseti!

EUA tem deflação de 0,1% em Agosto! Taxa anual é de 
ridículos 0,2%! FED mantém juros inalterados - Marcos 
Doniseti!
Nos EUA, 45 milhões de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza. Isso ocorre muito em função do fato de que a maioria dos empregos criados no país são precários, de baixos salários. Com isso, 73% dos beneficiados com os programas sociais são integrantes de famílias de trabalhadores. 
O FED só aumentaria a sua taxa de juros se os seus integrantes estivessem totalmente loucos.
Afinal, com uma taxa de inflação anual de ridículos 0,2% e com uma Deflação de 0,1% apenas em Agosto, como será possível aumentar os juros? Isso diminuirá o ritmo de crescimento da economia dos EUA e, ainda, correrá o risco de fazer a Deflação se acelerar.

Uma taxa de inflação tão baixa mostra que os EUA podem até estar reduzindo o desemprego (que está em 5,1% atualmente), mas isso está acontecendo por meio da criação de empregos de baixos salários, temporários, de meio período, enfim, empregos precários, que são muito comuns nos EUA. Atualmente, 58% dos empregos criados nos EUA são de baixos salários (eram 22% em 2008, antes do início da crise global). 
Assim, o desemprego cai nos EUA, mas o poder de compra dos seus trabalhadores continua arrochado, impedindo que a inflação cresça.

Notícia:

Do GGN: EUA tem Deflação de 0,1% em Agosto! Em 12 meses taxa acumulada é de 0,2%!
O índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos (CPI, na sigla em inglês) encerrou o mês de agosto com deflação de 0,1%, em sua primeira queda desde janeiro, segundo dados do Departamento do Trabalho local. Em julho, o índice havia avançado 0,1%. Nos 12 meses até agosto, houve alta de 0,2%, mesma taxa registrada nos 12 meses imediatamente anteriores.

Links:

FED manteve juros inalterados:
Inflação nos EUA é de 0,2% no acumulado de um ano:
Expansão da economia dos EUA é baseada na geração de empregos mal remunerados:

Nenhum comentário: