Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 23 de julho de 2016

Lula lidera as pesquisas para a eleição presidencial de 2018? Destruam o Lula, oras! - Marcos Doniseti!

Lula lidera as pesquisas para a eleição presidencial de 2018? Destruam o Lula, oras! - Marcos Doniseti!
Os pobres são a solução, disse Lula em entrevista recente ao jornal francês 'Libération'. 
Todas as pesquisas eleitorais, por mais manipuladas que sejam, mostram um mesmo fenômeno: Mesmo sendo massacrado pela Grande Mídia já há muitos anos, Lula continua liderando todas as pesquisas para a eleição presidencial de 2018. A penetração do seu nome junto às camadas populares garantiria, hoje, que ele seria o mais votado no 1o. turno da eleição. 

A última pesquisa do Datafolha, instituto que nunca publicou números muito favoráveis aos candidatos petistas, destoando dos resultados de outros institutos e que há poucos dias reconheceu que distorceu resultados sobre o nível de aprovação e de rejeição do governo Temer, apontou os seguintes resultados em sua pesquisa mais recente:

Cenário 1:

Lula 22%;
Marina 17%;
Aécio 14%;
Bolsonaro 7%;
Ciro Gomes 5%;
Temer 5%;
Luciana Genro 2%;
Caiado 1%;
Eduardo Jorge 1%;
Brancos/Nulos: 18%.
Não Sabe 7%;

Cenário 2:

Lula 23%;
Marina 18%;
Alckmin 8%;
Bolsonaro 8%;
Ciro Gomes 6%;
Temer 6%;
Luciana Genro 2%;
Caiado 2%;
Eduardo Jorge 1%;
Brancos/Nulos: 20%.
Não Sabe 7%.

Cenário 3:

Lula 23%;
Marina 17%;
Serra 11%;
Bolsonaro 7%;
Ciro Gomes 6%;
Temer 6%;
Luciana Genro 2%;
Caiado 2%;
Eduardo Jorge 1%;
Brancos/Nulos: 19%.
Não Sabe 7%.

E justamente em função disso é que estou convencido de que não irão permitir a sua candidatura, sob qualquer hipótese.

Aposto que inimigos de Lula só estão esperando o afastamento definitivo de Dilma do cargo se consumar para partir com tudo para cima de Lula, prendendo-o ou anulando os seus direitos políticos, mesmo que isso ocorra sob os pretextos e justificativas mais absurdos possíveis. 

Desta maneira, Lula não poderá se candidatar a cargo algum e por muitos anos.

Provas? Leis? Nada disso será necessário, pois se trata de um Golpe de Estado. E em um Golpe as leis são o que menos importa. Se elas importassem, não seria um Golpe. 

E não é de se duvidar que o PT deverá, também, ser colocado na ilegalidade e que os inúmeros movimentos sociais venham a ser devidamente perseguidos, reprimidos, silenciados e que os seus líderes sejam presos. Basta inventar meia-dúzia de falsas acusações contra eles e pronto, irão todos para a prisão. 

Afinal, esses golpistas reacionários e entreguistas não desmoralizaram o Brasil perante o mundo todo e arrebentaram com as contas públicas e a economia do país à toa, não.

Eles vieram para dominar o pais por muitos anos, tal como os militares fizeram a partir de 01 de Abril de 64. 

Na época do Golpe de 64, quase todos pensaram (inclusive muitos dos próprios golpistas civis, como Ademar de Barros, Carlos Lacerda e Magalhães Pinto) que os militares ficariam alguns meses no governo, promoveriam uma 'limpeza política e ideológica' no país, afastando os esquerdistas mais populares da vida política (Jango, Brizola, Prestes, Arraes, líderes do CGT, UNE, Ligas Camponesas, entre outros) e daí devolveriam o poder aos civis. 

Qualquer coisa, os golpista atuais inventam um 'Plano Cohen' qualquer ou implantam o Parlamentarismo em 2018, esvaziando o poder do Presidente da República e colocam um demo-tucano de Primeiro-Ministro.
Castello Branco (primeiro ditador do Regime Militar e que governou entre 1964-1967), Ademar de Barros (governador de São Paulo que apoiou o Golpe de forma decisiva) e Octávio Frias de Oliveira (dono da 'Folha' jornal que também apoiou o movimento golpista que derrubou o governo democrático de Jango).
Aliás, dependendo de como vier a ser o seu desempenho no cargo de presidente da Câmara dos Deputados, o próprio Rodrigo Maia poderá vir a ser este Primeiro-Ministro.

Assim, o Neoliberalismo e o Entreguismo mais descarado poderão vir a ser enfiados goela abaixo do povo brasileiro, que gastará o seu tempo assistindo ao 'Jornal Nacional', as novelas da Globo e os programas de auditório e de humor da reacionária, medíocre e imunda TV aberta brasileira.

E a operação 'Lava Jato' está aí para colocar o PMDB e o chamado 'Centrão Reacionário' na linha. Qualquer coisa, os golpistas prenderão alguns dos seus líderes (sob a acusação de corrupção) para garantir que fiquem bem comportados e não atrapalhem os planos dos neoliberais entreguistas e reacionários de vender as riquezas e o patrimônio do país a preço de banana para o capital financeiro estrangeiro. 

Afinal, o Golpe foi dado para isso mesmo e quem atrapalhar o desenvolvimento do mesmo será devidamente defenestrado. 

E se o próprio Michel Temer atrapalhar tais planos, teremos a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE em 2017 e promoverão uma eleição indireta para a Presidência da República, já devidamente esvaziada do seu poder, ou então irão implantar o Parlamentarismo.

Alguém duvida que este cenário poderá vir a se confirmar?

Links:

Lula lidera pesquisa para eleição presidencial de 2018:

http://www.jb.com.br/opiniao/noticias/2016/07/16/datafolha-lula-lidera-pesquisa-de-intencao-de-voto-para-eleicao-presidencial/

Nenhum comentário: