Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Vitória de Trump enterra Milton Friedman, Hayek, Mises e o governo de Temer/PMDB/PSDB/DEM, tudo junto! - Marcos Doniseti!

Vitória de Trump enterra Milton Friedman, Hayek, Mises e o governo de Temer/PMDB/PSDB/DEM, tudo junto! - Marcos Doniseti!
Friedrich Hayek e Milton Friedman, defensores das políticas neoliberais que aumentaram a concentração de renda, as desigualdades sociais, a pobreza e a miséria em todo o mundo. E isso aconteceu mesmo nos EUA, depois que o governo Reagan passou a adotá-las, no que foi seguido pelos governos seguintes, incluindo o de Obama.

A vitória de Trump representa o fim da Globalização Neoliberal, tal como a mesma se desenvolveu nas últimas décadas, principalmente depois do início da Era Reagan/Thatcher.

Essa Globalização Neoliberal está indo para a lata de lixo da história, de onde nunca deveria ter saído.

A vitória de Trump representa a morte do Thatcherismo, das políticas de 'terapia de choque' aplicadas por Milton Friedman e seus discípulos neoliberais mundo afora: Chile, Bolívia, Rússia, Polônia, Ucrânia, Brasil, EUA (de Reagan a Obama), União Europeia (de Thatcher a Merkel).

Obs1: Sugiro que leiam o ótimo livro 'A Doutrina do Choque' de Naomi Klein, e 'O Precariado', de Guy Standing, para entender esse processo e as suas consequências.

E muitos também ainda não se deram conta de que o governo golpista de Temer/PMDB/PSDB/DEM está inteiramente condenado e inviabilizado com essa vitória de Trump.

E qual é o motivo disso?

Simples: A estratégia do governo golpista, para tirar o Brasil da crise atual, era justamente a de intensificar o processo de integração do país às cadeias globais de produção, comércio e finanças.

Com isso, o país voltaria a crescer, segundo os neoliberais tupiniquins. 
O colapso do Lehman Brothers, banco de investimentos dos EUA, desencadeou uma crise financeira que se alastrou por toda a economia mundial, provocando a pior Recessão Global desde a Grande Depressão dos anos 1930. 
Com a vitória de Trump, um notório protecionista e defensor do fim dos acordos de livre-comércio (e que até defende a retirada dos EUA do NAFTA) tudo o que os golpistas neoliberais tupiniquins sonhavam em fazer foi por água abaixo.

De fato, ao vencer a eleição presidencial dos EUA, Trump inviabilizou a volta do neoliberalismo para a América Latina. 

Assim, entendo que podemos dizer, desde já: “Adeus Temer, FHC, Macri e assemelhados. Vocês serão enterrados junto com a Hillary, que não passa de uma marionete de Wall Street e dos Mestres da Guerra ianques.”.

Trump e a sua política externa!

A política externa dos EUA, nas questões militares e de segurança, não muda. É a mesma desde os atentados de 11/09/2001.

Mas se ele tiver um mínimo de juízo irá abandonar a ‘diplomacia de canhões’ de Bush-Obama-Hillary e tratará de negociar acordos (principalmente com a Rússia, a China e a União Europeia) que visem estabilizar o cenário mundial, diminuindo as tensões e os conflitos.

Já quanto à política econômica, aí já é outra coisa.

Afinal, Trump é um protecionista, que defende a retirada dos EUA do NAFTA e o fim dos acordos de livre-comércio. Mas se ele quiser priorizar os problemas internos dos EUA, que foi o que disse durante toda a campanha, então ele terá que mudar, sim, a política militar e de segurança, cortando drasticamente os gastos com as mesmas.
 Caso o governo de Trump venha a adotar as medidas econômicas previstas em seu plano de governo, os governos neoliberais de Temer e Macri irão desmoronar em pouco tempo. Não é à toa que a 'Rede Globo' e a 'Folha' já estão atacando duramente a Trump, pois sabem que com a reversão da Globalização Neoliberal que suas ideias irão promover, a economia mundial entrará em uma forte crise, que derrubará governos pelo mundo inteiro. 
Link: 

Obs2: Se alguém ficou surpreso com a vitória folgada de Donald Trump na eleição presidencial dos EUA, esse texto de Michael Moore (de Julho deste ano) explica porque ele era o favorito.


Michael Moore: 5 motivos pelos quais Donald Trump será o próximo presidente dos Estados Unidos! 

Nenhum comentário: