Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Guerra na Síria - Desmontando as mentiras da Mídia ocidental! - Marcos Doniseti!

Guerra na Síria - Desmontando as mentiras da Mídia ocidental! - Marcos Doniseti!
Síria: Antes e depois da guerra iniciada por extremistas islâmicos originários do mundo inteiro. São muito raros os casos de sírios que estão lutando contra o governo de Assad. Quase todos são estrangeiros, vindos de lugares remotos (Austrália, por exemplo). 

Guerra na Síria!! 
Vamos aos fatos:

1) Não existe uma guerra civil na Síria. O que ocorreu no país foi uma INVASÃO. A Síria foi invadida por dezenas de milhares de extremistas islâmicos, originários de dezenas de países (inclusive da Europa e, até, da Austrália);

2) As manifestações pacíficas que ocorreram contra o regime de Assad (antes da guerra começar) não duraram muito e por um motivo muito simples: Os grupos extremistas, terroristas, trataram de subjugá-los e destruí-los;

3) Os grupos de extremistas islâmicos que atuam na Síria são financiados, armados e apoiados pelos EUA-OTAN, Turquia, Arábia Saudita, Qatar e Israel;

4) Alguém acredita que tais extremistas conseguiriam dominar a maior parte da Síria e do Iraque apenas com base em suas próprias forças? Isso é piada. 

O apoio dos EUA à Al-Qaeda e ao Estado Islâmico tornou-se público graças ao Wikileaks.

Abaixo, publico link a respeito disso:

Wikileaks: EUA armaram Estado Islâmico e se recusaram a ajudar Síria no combate ao grupo:

Charles Nisz | São Paulo - 12/08/2014

Presidente Bashar al-Assad tentou se aproximar de Washington em 2010, mas governo Obama continuou armando seus opositores e grupos islâmicos.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/reportagens/37414/wikileaks+eua+armaram+estado+islamico+e+se+recusaram+a+ajudar+siria+no+combate+ao+grupo.shtml

5) Os 3 países muçulmanos que possuíam governos nacionalistas, reformistas, laicos e seculares (Iraque, Líbia e Síria), onde o nacionalismo nasserista fincou fortes raízes e que tinham excelentes indicadores sociais, foram destruídos pelos EUA-OTAN e seus aliados na região (Turquia, Arábia Saudita, Qatar e Israel). Deve ter sido mera coincidência;

6) Foram tais países que chegaram, inclusive, a enviar agentes secretos, membros de Forças Especiais, especialistas de toda a espécie, para dar apoio e suporte ao Estado Islâmico/Al-Qaeda, que iniciaram a guerra na Síria.
Prisioneiros do 'Estado Islâmico/ISIS' sendo queimados vivos.

Assim, os extremistas islâmicos da Al-Qaeda/Estado Islâmico sempre contaram com apoio dos EUA-OTAN e de países da região (A.Saudita, Turquia, Qatar, Israel) para promover essa guerra na Síria, que não tem absolutamente nada de civil.


A Síria foi invadida por dezenas de milhares de extremistas islâmicos originários do mundo inteiro (incluindo Europa e Austrália) e que receberam apoio, desde o início, de tais países. E foi essa guerra que provocou essa destruição inacreditável, bem como gerou grande parte da onda de refugiados em direção à Europa.

Aliás, não é coincidência que estes refugiados sejam originários justamente de países (Síria, Líbia, Iraque) que foram destruídos pelos EUA-OTAN e seus aliados locais, dos quais vários países são membros do CCG (Conselho de Cooperação do Golfo).

Até mesmo pessoas de perfil esquerdista ou progressista estão se deixando enganar pela maciça campanha de propaganda midiática do Ocidente a fim de demonizar russos e sírios que retomaram a cidade de Aleppo, que foi destruída (bem como toda a Síria) por esta guerra promovida pelos EUA-OTAN-A.Saudita-Israel-Qatar-Turquia.

Assim, fiquem avisados: Não é apenas a Grande Mídia brasileira que mente, distorce e manipula as notícias quando isso é conveniente.

Links:

Documentos secretos dos EUA confirmam que governo ianque sempre apoiou Estado Islâmico e Al-Qaeda na guerra da Síria:

http://blogdoalok.blogspot.com.br/2016/09/plano-e-agenda-dos-eua-para-balcanizar.html

Quem são os 'rebeldes' de Aleppo?

http://www.vermelho.org.br/noticia/291364-1

Síria captura assessores militares de países vizinhos e da OTAN que estavam ajudando o Estado Islâmico:

http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Internacional/Siria-captura-em-Alepo-assessores-militares-que-seriam-ligados-a-OTAN/6/37494

Aleppo - Questione antes de compartilhar:

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/geral/45956/aleppo+questione+antes+de+compartilhar.shtml

Igor Fuser - Sete verdades sobre o conflito na Síria:

https://www.brasildefato.com.br/2016/12/23/opiniao-sete-verdades-sobre-o-conflito-na-siria/

Exército da Síria retoma o controle de Aleppo e Assad divide vitória com Rússia e Irã:

http://www.vermelho.org.br/noticia/291408-1

Quando a Al-Qaeda volta a ser aliada do Ocidente:

http://outraspalavras.net/destaques/quando-a-al-qaeda-volta-a-ser-aliada-do-ocidente/

Exército dos EUA atacou sírios e beneficiou o Estado Islâmico:

http://blogdoalok.blogspot.com.br/2016/12/o-exercito-dos-eua-excluiu-casa-branca.html#more

Mundo Real X Conto de Fadas: Uma pequena diferença! - Marcos Doniseti!

Mundo Real X Conto de Fadas: Uma pequena diferença! - Marcos Doniseti!
Manifestação contra o governo Temer e a sua política neoliberal e de arrocho, que promove a destruição dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários e desnacionaliza o patrimônio público e as riquezas nacionais.
Tem um pessoal meio despirocado por aí que diz que basta colocar 1 milhão de pessoas  em frente ao STF que isso será mais do que suficiente para derrubar um governo golpista que é sustentado por todo o Grande Capital, nacional e estrangeiro, e que controla TODAS as instituições do país, incluindo a Grande Mídia, e que detém todo o poder econômico e financeiro em suas mãos.

Primeiro, eles nunca explicam como irão colocar 1 milhão de pessoas em frente ao STF, algo que não é nada fácil de ser feito, tanto que isso nunca aconteceu na história brasileira. Nem mesmo as maiores manifestações golpistas pelo 'Fora Dilma' reuniram tantas pessoas em um único ato. 

Então, como eles irão convencer e mobilizar todas essas pessoas? Quem fará isso? Como será feita a convocação e a mobilização destas pessoas? Pela Grande Mídia, a mesma que apoia o atual governo ilegítimo do país? Brincou, né?

Enfim, é mais do que evidente de que isso não passa de conto da carochinha.

Eu gostaria muito que fosse tão fácil fazer algo assim, desta dimensão, bastando ter vontade e disposição para isso.

Mas sou um dos que já estudou e viveu o suficiente para saber diferenciar o mundo do conto de fadas e duendes do mundo real, concreto, aquele no qual vivemos.

Se tudo isso fosse tão fácil de ser feito, os franceses não teriam esperado até 1789 para fazer a sua Revolução e os russos não teriam esperado até 1917 para fazer a sua. Eles teriam feito tais Revoluções muito tempo antes, pois a pobreza e a miséria já eram presentes em suas vidas há séculos.
Governo ilegítimo de Temer anunciou plano de fechamento de agências do Banco do Brasil e de redução do número de funcionários do banco, mesmo com o mesmo tendo alcançado um lucro de R$ 14,4 bilhões em 2015.  
Mas quando se tenta mobilizar tantas pessoas, não basta dizer para elas que o movimento é contra determinado governo. Você tem que dizer, também, o que você defende, o que você irá fazer depois.

Você tem que apontar para o futuro. Um dos motivos principais pelos quais Dilma foi derrubada sem maiores resistências é que, além da maioria absoluta da população ter apoiado esse movimento, os golpistas conseguiram convencer as pessoas de que bastaria tirar Dilma e tudo iria melhorar.

Era mentira? Claro que sim. Mas inegavelmente eles foram bem sucedidos em promover tal ideia. E isso foi fundamental na vitória do movimento golpista.

Assim, a pauta de qualquer movimento desta dimensão tem que ser altamente popular, tem que ter a concordância das pessoas. É necessário mostrar algum sinal de que aquele caminho que está sendo defendido irá melhorar a vida delas. Estas tem que pensar 'É isso mesmo que temos que fazer. Este é o certo. Vamos para as ruas. Nossa vida irá melhorar. Vamos lutar'.

E isso tem que mobilizar a imensa maioria da população, atraindo a classe média, a classe trabalhadora, os mais pobres, os mais variados movimentos sociais e partidos políticos progressistas, bem como até uma boa parte dos setores da burguesia que apoiou o Golpe (da Mídia, sistema financeiro, industriais, agronegócio, comércio, pequenos comerciantes).

E isso está um pouco longe de acontecer.

O apoio ao governo Temer ainda é muito forte nas elites brasileiras e internacionais. Existem muitas demandas das mesmas que ainda precisam ser (na visão destas elites, é claro) ser atendidas: Mídia, Teles, Sistema financeiro, Petroleiras estrangeiras... A reforma da previdência ainda não foi aprovada, nem a trabalhista. O pré-sal e as estatais ainda não foram devidamente privatizados.

E foi para atender a estas demandas, elitistas e retrógradas, dos Grandes Capitalistas que este Golpe foi promovido.
Queda da Bastilha (14/07/1789): Não foi por meio de um estúpido voluntarismo juvenil que os franceses promoveram uma das grandes Revoluções da história. 
Portanto, mesmo que se conseguisse mobilizar e colocar milhões de pessoas nas ruas, ainda assim não haveria nenhuma garantia de que o governo Temer pudesse ser derrubado, pois ele se propõe a atender aos interesses do Grande Capital, nacional e estrangeiro, bem como aos dos setores sociais privilegiados do país.

E é justamente isso que permite que ele se sustente no poder. 

A campanha pelas 'Diretas Já', em 1984-1985, mobilizou milhões de pessoas pelo Brasil inteiro, conseguindo a simpatia de quase 90% da população, e mesmo assim não conseguiu apoio suficiente para que a emenda Dante de Oliveira fosse aprovada no Congresso Nacional.

E um dos motivos principais para que isso acontecesse é que a burguesia (nacional e estrangeira) não embarcou no movimento das 'Diretas Já'. E mesmo na Mídia, o apoio restringiu-se, basicamente, à 'Folha de S. Paulo'.

Portanto, para se reverter um Golpe de Estado, como esse que tivemos no Brasil em 2015/2016, é preciso muito mais do que vontade ou disposição.

Então, precisamos ser mais realistas e parar de viver de fantasias e de ilusões.

Obs: Eu fico imaginando como estas pessoas agiriam se tivessem vivido na Alemanha Nazista. Elas diriam algo como "Gente, vamos derrubar o Hitler... É fácil... Vamos colocar 1 milhão de pessoas na frente do Bunker dele, que ele fugirá, morto de medo... Stalin, não precisa mandar o Exército Vermelho, não! Deixe que eu e mais 1 milhão de seguidores que comando nos encarregaremos disso!!'...

Fala sério...
Manifestação pelas Diretas Já, em 1984, no Rio de Janeiro, reuniu centenas de milhares de pessoas. Apesar de milhões de pessoas, no país inteiro, terem se mobilizado em gigantescas manifestações, o Congresso Nacional rejeitou a emenda Dante de Oliveira, que estabelecia a realização de eleições diretas para Presidente da República em 1985. 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Conheça as principais 'realizações' do governo Temer! - Marcos Doniseti!

Conheça as principais 'realizações' do governo Temer! - Marcos Doniseti!
A pobreza teve uma queda sensível durante os governos Lula e Dilma, mas a partir do governo Temer ela voltou a crescer rapidamente. 

1) Desmonte da Petrobras;

2) Destruição do BNDES, BB e CEF;

3) Entrega do pré-sal ao capital estrangeiro a preço de banana;

4) Desmantelamento das políticas sociais;

5) Arrocho salarial;

6) Aumento dos juros reais (passou de 3,5% para 7%);

7) Eliminação de direitos sociais, trabalhistas e previdenciários;

8) Preços de remédios liberados, podendo subir acima da inflação;

9) Desmonte da Previdência Social pública, para estimular a privatização;

10) Congelamento dos investimentos em Saúde, Educação e na área social por 20 anos seguidos, período no qual a população brasileira irá aumentar em 50 milhões de pessoas, bem como irá envelhecer.

Objetivo: Forçar a privatização da Saúde e da Educação;

11) Redução dos investimentos produtivos em 13,6%;
O petróleo do pré-sal foi descoberto pela Petrobras em 2006 e começou a ser extraído em 2010. Depois de apenas seis anos ele gera uma produção diária superior a 1 milhão de barris. 

12) Disparada da taxa de desemprego, que já é de 11,8%, quase o triplo daquela que 
tínhamos no final de 2014 (4,3%);

13) Atividade do setor de serviços despencou 7,6% em Outubro;

14) Vendas do comércio varejista desabaram 8,2% em Outubro;

15) Concessão de ajuda às Teles privadas no valor de R$ 105 bilhões;

16) Aumento do Déficit Primário de R$ 90 bilhões para R$ 170 bilhões;

17) Perdão de dívidas de R$ 906 bilhões do agronegócio com o Estado brasileiro;

18) Fim dos financiamentos do BNDES para a exportação de Serviços, gerando prejuízos de bilhões de dólares anuais para o país, que deixa de criar centenas de milhares de empregos;

19) Desembolsos do BNDES sendo reduzidos em 35% apenas em 2016;

20) Vendas de veículos zero km despencaram 20% em 2016;

21) Pedidos de recuperação judicial por parte de empresas aumentaram quase 70%;

22) Dívida Pública Líquida passou de 34% do PIB (2014) para 44,2% do PIB (2016);

23) Dívida Pública Bruta passou de 56% do PIB (2014) para 70,3% do PIB (2016);

É o desmonte do Brasil.
Aumento do poder de compra do salário mínimo chegou a 91,3% entre 2003-2016 devido à política de aumento real anual adotada pelos governos Lula e Dilma. Agora, no governo Temer, tal política foi extinta e o salário mínimo será reajustado, no máximo, de acordo com a inflação do ano anterior. Caso os governos Lula e Dilma tivessem adotado tal política o valor atual do Salário Mínimo seria de apenas R$ 460 e não de R$ 880. 

Links:

Brasil obvete melhoras no índice de desenvolvimento humano no primeiro mandato de Dilma:


Governo Temer libera preço de remédios, que poderão subir a qualquer momento:


Desembolsos do BNDES despencam 35% em 2016 e voltam aos níveis de 2003:


Governo Temer que perdoar dívida de latifundiários que devem mais de R$ 900 bilhões ao Estado brasileiro:


Taxa de desemprego fecha 2014 em 4,3% (menor taxa da história):


Governo Temer: Presente para Teles poderá chegar a R$ 105 bilhões:


Natal de 2016 deverá ter o segundo pior resultado desde 2001:


Governo Temer: 13o. Salário dos servidores de 6 estados está atrasado:

Exportações brasileiras tiveram um crescimento expressivo durante o governo Lula, chegando a ultrapassar US$ 1,1 trilhão no período 2003-2010. 
Governo Temer é derrotado na Câmara dos Deputados em proposta sobre renegociação de dívidas dos estados:


Produção de petróleo do pré-sal chegou a quase 1,1 milhão de barris diários:


Empresa israelense quer comprar empresa de alta tecnologia militar da Odebrecht:


Novo modelo de Previdência Social do governo Temer estimula expulsão dos trabalhadores do campo:

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Apelar para o vandalismo é fazer o jogo das elites golpistas! - Marcos Doniseti!

Apelar para o vandalismo é fazer o jogo das elites golpistas! - Marcos Doniseti!
Vandalismo em atos e protestos contrários às reformas do governo Temer é exatamente o que este mais deseja, pois isso será usado para jogar a população contra a oposição. 

Atacar a sede da Fiesp não abala em nada a entidade que representa os interesses do patrões. Isso é ação de criança de cinco anos de idade que nunca leu um livro de história na vida.

Até porque, os vidros que foram quebrados serão substituídos por novos e a Fiesp não irá falir em função disso.

Esse tipo de iniciativa interessa, única e exclusivamente, a quem está no poder, ao Grande Capital, que se apossou totalmente do Estado brasileiro com o Golpe deste ano.

Além disso, os governantes ainda podem usar o acontecimento para apresentar a oposição como sendo formada por vândalos e criminosos.

Logo, esse tipo de acontecimento também é usado pelo governo e pela Grande Mídia para criminalizar a oposição e jogar a população contra a mesma.

E é interessante notar que isso esteja acontecendo no momento de maior crise do governo Temer.

E isso não é mera coincidência.

Tudo aponta para o fato de que essa manifestação foi, no mínimo, muito infiltrada por agentes secretos que promoveram esses atos de vandalismo contra a Fiesp.

Aliás, essa manifestação está com cara de que foi organizada pelos atuais governantes do país.

Afinal, tais atos colocam mais azeitona na empada do governo golpista e serão usados para intensificar a repressão e a criminalização da oposição.

Isso não é novidade e já aconteceu inúmeras vezes ao longo da história, aqui mesmo no Brasil e também em muitos outros países.

E um povo que não conhece a própria história, está condenado repeti-la. E é exatamente isso que está acontecendo no Brasil atualmente.

Se a oposição tomar esse caminho, da violência estúpida e irracional, os golpistas ficarão no poder por, no mínimo, uns 20 anos. 

E isso é tudo o que eles mais desejam.

Link:

O curioso caso da manifestação sem a presença da PM:

Afinal, porque os panelaços da burguesia e da classe média acabaram? Porque este foi um Golpe de Estado classista! – Marcos Doniseti!

Afinal, porque os panelaços da burguesia e da classe média acabaram? Porque este foi um Golpe de Estado classista! – Marcos Doniseti!
As forças progressistas devem fazer um amplo trabalho de conscientização e de mobilização popular, a fim de lutar contra os planos retrógrados do governo ilegítimo, que deseja extinguir os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários. 

Qual era o perfil dos que pediam por 'Fora Dilma'? Em São Paulo era elite pura.

Mais de 40% dos que iam protestar na Avenida Paulista contra 'Dilma-Lula-PT' ganhavam mais de 10 salários mínimos, sendo que no Brasil apenas 3% estão nesta faixa de renda.

O grande objetivo dessa elite era destruir os programas sociais e aniquilar os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, bem como queriam a privatização de tudo e reprimir os partidos e movimentos sociais progressistas.

E é exatamente por isso que não se tem mais panelaços, porque o governo de Temer está fazendo tudo o que essa elite sempre desejou. Essa elite reacionária, de mentalidade escravocrata, não saiu às ruas por 0,20 e tampouco protestou contra a corrupção (afinal, essa é uma elite essencialmente corrupta).

Ela foi às ruas pela manutenção dos seus privilégios. Ela foi às ruas para acabar com a história de que 'aeroporto virou rodoviária'. Ela foi às ruas para que mandar os pobres de volta para a rodoviária.

E este fenômeno também ocorreu no Golpe de 1945, que começou quando Getúlio Vargas se aproximou de Luiz Carlos Prestes e do PCB e estimulou o movimento do 'Queremismo', bem como criou o PTB.

Também ocorreu a mesma coisa em 1954, quando o mesmo Getúlio Vargas concedeu um aumento de 100% para o salário mínimo, criou a Petrobras, o monopólio estatal de petróleo e o BNDES.

É nas ruas, pacificamente, que se luta contra os planos retrógrados do governo ilegítimo do país. 
E depois aconteceu a mesma no Golpe de 1964, que derrubou o governo Jango. Este sancionou a criação do 13o. Salário, criou o Estatuto do Trabalhador Rural e estimulou a sindicalização dos trabalhadores rurais. Em seu governo foram criados mais de 1500 sindicatos de trabalhadores rurais.

E agora a mesma história se repetiu em 2015/2016, com as elites e a classe média saindo às ruas para destruir o ProUni, o MCMV, o aumento real do salário mínimo, o Pronaf, o Fies, o Pronatec, o aumento dos investimentos na Seguridade Social.

Em 2014, ainda durante a campanha eleitoral, o ex-presidente FHC defendeu o fim da política de aumentos reais anuais para o Salário Mínimo. E o que fez o governo Temer? Adotou essa política. Agora, o salário mínimo ficará vinte anos com o seu valor real congelado, bem como os investimentos públicos em Saúde e Educação.

É sempre a mesma história, que está sempre se repetindo, como tragédia e, depois, como tragédia novamente.

E classe média que apoiou o Golpe de 2016 estava convencida de que iria se beneficiar com o mesmo, pois ela é preconceituosa, elitista, reacionária e se vê muito mais próxima dos ricos do que dos pobres.

Ela tem, por exemplo, empregados domésticos ou então é proprietária de pequenas empresas. E o governo de Lula-Dilma-PT foi o que criou a PEC das Domésticas e ampliou os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários.
Número de passageiros de avião, no Brasil, teve um crescimento expressivo durante os governos Lula e Dilma, passando de 36 milhões (2002) para 117 milhões (2014), acumulando um crescimento de 225% (ver link abaixo).

O governo de Lula-Dilma-PT também conseguiu criar uma situação de pleno emprego no país (taxa de desemprego em Dezembro de 2014 era de apenas 4,3%, a menor da história) e concedeu aumentos reais anuais para o Salário Mínimo.

Tudo isso beneficiou aos trabalhadores, o que era mal visto pela Classe Média e, também, pela Burguesia.

Então, essa classe média viu esse governo de Lula-Dilma-PT como o seu inimigo e tratou de apoiar a sua derrubada. E conseguiu atingir o seu objetivo.

E como o governo de Temer coloca em prática todas as políticas que agradam à classe média e à burguesia, isso explica o motivo de não termos mais panelaços nos bairros mais chiques e abastados das cidades brasileiras.

É isso. 

Link:

Aviação Civil: Número de passageiros transportados chegou a 117 milhões em 2014:


Número de passageiros transportados cresceu 210% no Brasil: 

Brasil: Grande Capital têm o controle da situação! – Marcos Doniseti!

Brasil: Grande Capital têm o controle da situação! – Marcos Doniseti!
Capitalismo Neoliberal é isso aí...

Vi o comentário abaixo em uma página de uma amiga do Facebook  e decidi comentar o mesmo.

Obs: Não foi ela que escreveu o comentário. Ela apenas o reproduziu.

"Hoje deu uma preocupação. O PIG tá queimando demais o Congresso. Dá manchete até para um ministro do STF falando em "Fechamento do Congresso". O Congresso, a gente sabe, quem chegar primeiro ocupa. A dúvida é se vai ser a cúpula golpista (cansada das estratégias do PMDB que sempre trava a bola em campo e não devolve a eles), milicos ou esquerda. Não existe hoje, nem da parte dos coxinhas, qualquer ímpeto de defesa ao Congresso, já que todos consideram aquilo um covil de ladrões. Uma coisa é certa: O comando geral do golpe perdeu o controle da situação, e o Brasil é hoje um barco à deriva."

Isso é ilusão. Esse comentário foi escrito por alguém que vive no mundo da Lua, na Ilha da Fantasia, em meio a fadas e duendes.

O fato concreto é que o atual consórcio governista está no total controle da situação do país atualmente.

Tanto isso é verdade que eles até se dão ao trabalho de entrar em conflito entre si e de forma pública, o que não deveria ser surpresa para ninguém e por vários motivos.

Em primeiro lugar, as Esquerdas foram massacradas pelo Golpe e foram dizimadas nas eleições municipais, das quais os partidos governistas saíram amplamente vitoriosos.
Olha o Capitalismo Neoliberal em ação...
O governo ilegítimo do país sequer precisa se preocupar com a oposição das mesmas, de tão enfraquecidas que elas estão. As Esquerdas estão tão enfraquecidas e divididas que elas sequer conseguiram colocar um candidato no segundo turno da eleição para a Presidência da Câmara dos Deputados e são derrotadas em todas as votações que ocorrem no Congresso Nacional. As manifestações convocadas por ela também atraem poucos milhares de pessoas pelo país afora.

E tanto isso é verdade que mesmo o governo de Temer, altamente impopular sem nenhum carisma ou capacidade de dialogar com a população, consegue aprovar, no Congresso Nacional, sem maiores dificuldades, reformas e PECs extremamente impopulares.

Isso demonstra que o Congresso está totalmente dominado pelas forças governistas.
A questão é muito mais complexa do que esse comentário diz.

A questão é que o movimento golpista sempre foi dividido em inúmeras facções e tendências, com seus próprios interesses, e é claro que, em algum momento, quando os mesmos entrassem em choque, eles iriam se digladiar.

E depois que eles derrubaram Dilma em definitivo, os conflitos entre os diferentes grupos e segmentos golpistas vieram à tona, o que era mais do que previsível.

A derrubada e o afastamento definitivo de Dilma e o atendimento aos interesses do Grande Capital (nacional e estrangeiro, se é que é possível separá-los atualmente) é o que, de fato une o consórcio governista brasileiro neste momento.

E é justamente por isso que não teremos nenhum ‘anula o Golpe STF’ e tampouco o ‘Volta Dilma’. Pedir por isso é o mesmo que pedir por ‘Volta Fidel’ ou ‘Volta Che Guevara’.
Será que, algum dia, o povo brasileiro irá despertar e lutará contra a destruição dos seus direitos por um governo ilegítimo?
E é isso que vemos quando STF, Temer, MPF, PGR, PF, procuradores da operação Lava Jato entram em choque. Isso não passa de um conflito que ocorre dentro do atual consórcio governista. 

Não se trata, portanto, de um conflito entre Governo X Oposição. 

Mas quando se trata de atender aos interesses do Grande Capital, que é o verdadeiro comandante e líder deste Golpe, a união dos segmentos e grupos governistas se revela.

Isso explica porque o STF e Renan Calheiros chegaram a um acordo. Afinal, Renan é fundamental para que as PECs sejam aprovadas no Senado.

E vejam que até uma Reforma da Previdência que, na prática, desmonta a Previdência Social brasileira, foi aprovada com folga na CCJ da Câmara dos Deputados.

E o governo ilegítimo do país também não precisa se preocupar com as manifestações populares, que atraem poucos milhares de pessoas.

A quase totalidade da população vive numa total apatia e conformismo, e mesmo quando é convocada para os atos, não o faz, preferindo ficar dentro de casa assistindo televisão e jogando videogame. Isso quando está caçando Pokémon... 
Se os brasileiros não saírem às ruas e não se mobilizarem contra os planos do governo Temer, todos os seus direitos (políticos, sociais, trabalhistas, previdenciários) acabarão sendo destruídos. 
Provavelmente, a população somente sairá às ruas quando a 'Rede Globo' convocá-la para os protestos.

Então, não há nenhuma possibilidade de que a esquerda ou os militares ocupem o Congresso. Afinal, este já foi devidamente ocupado e está quase que totalmente sob o controle dos interesses do Grande Capital. Os militares somente interviriam se fossem chamados para isso pelo Grande Capital. Foi assim em 1945, em 1954 e em 1964. E é assim em 2016.

O Grande Capital manda e as instituições do país obedecem.

É isso.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Golpe de 2015/2016 está destruindo a economia brasileira! Serviços desabam 7,6% em Outubro! Comércio despenca 8,2%! - Marcos Doniseti!

Golpe de 2015/2016 está destruindo a economia brasileira! Serviços desabam 7,6% em Outubro! Comércio despenca 8,2%! - Marcos Doniseti! 

O setor de Serviços representa 2/3 do PIB brasileiro. E o mesmo está desmoronando no Brasil, em 2016, o que é uma consequência direta do Golpe de Estado que tivemos durante 2015/2016. Em Outubro deste ano ele despencou 7,6% em comparação com o mesmo mês de 2015. E no acumulado de 2016 (até Outubro) a queda é de 5%. 

Vejam alguns dos dados mais recentes sobre a economia brasileira, que comprovam que o movimento golpista arrebentou com a mesma:

1) Investimentos produtivos despencaram 13,6% em Outubro, na comparação com o mesmo mês de 2015!


2) Vendas do comércio varejista brasileiro despencaram 8,2% em Outubro, na comparação com o mesmo mês de 2015!!


3) Serviços despencam 7,6% em Outubro, na comparação com o mesmo mês de 2015!


4) Vendas de motocicletas desabaram 28,5% em 2016!


5) Produção industrial cai em 11 de 14 estados:


6) Número de inadimplentes bate recorde e atinge 58,7 milhões de pessoas!


7) Consumo de eletricidade cai 2,8% em Outubro: