Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 28 de julho de 2012

Difícil, bem difícil José Serra vencer a eleição deste ano - por Zé Dirceu!

Difícil, bem difícil José Serra vencer a eleição deste ano - por Zé Dirceu, do seu blog, Publicado em 23-Jul-2012
 
ImageNão costumo desancar pesquisa, vocês sabem, nem teria razões para fazê-lo agora, porque não me trouxe qualquer ceticismo esta mais recente do Datafolha - saiu no fim de semana, no sábado - em relação à posição do nosso candidato a prefeito, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT-PSB-PCdoB-PP).

Mais do que os 7% obtidos na pesquisa pelo petista, eu chamo a atenção para três fatos confirmados por ela: Fernando Haddad ainda é desconhecido por 45% do eleitorado paulistano; é alto o nível de indecisos, ainda na faixa de 61% segundo o levantamento; e a campanha eleitoral (nas ruas há pouco mais de uma semana) será decidida mesmo pelo TV, pelo horário de propaganda gratuíta.

Outro dado para nós petistas, muito interessante, na verdade outra confirmação do que acompanhamos no dia a dia: 40% dos eleitores de São Paulo antecipam que votarão no candidato que o ex-presidente Lula apoiar e indicar. E outros 21% adiantam que "talvez" votem no nome apontado por ele.

A força do ex-presidente Lula e da TV na campanha e na eleição

Temos aí, entre os outros fatores a nos animar, o peso do ex-presidente da República na campanha eleitoral e a confirmação de que a campanha começa mesmo para valer com o início do horário de propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV, no próximo dia 23 de agosto.

Já para a candidatura tucana de José Serra, à parte o fato de sermos adversários, numa análise a mais objetiva possível, a situação não é boa. De acordo com a pesquisa ele é conhecido por 99% dos eleitores paulistanos. Mas estancou, não sobe na pesquisa.

Pelo contrário, caiu um ponto em relação ao levantamento anterior, feito um mês atrás. O que subiu para José foi seu índice de rejeição, o mais alto entre todos os candidatos. Ele bateu agora nos 37% de eleitores que dizem não votar nele de jeito nenhum. Dois pontos acima da rejeição, já alta, de 35% que tinha há um mês.

Principal aliado de José, Kassab tem adminstração desaprovada por 80%

Difícil José vencer com essa rejeição tão elevada e a desaprovação de 80% da população paulistana ao governo Kassab, seu principal aliado nessa disputa, já que seu companheiro de partido, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), a cada dia encontra um pretexto para ficar mais insatisfeito com o serrismo e para continuar de braços cruzados na campanha.

Gilberto Kassab, aliás, entre todos os prefeitos das principais capitais do país, nesta pesquisa foi o que obteve a menor nota: na escala de avaliação de 1 a 10 a população paulistana lhe deu 4,4 de nota. Bem difícil, portanto, José vencer todos esses obstáculos e ganhar a eleição de outubro próximo.

Para todos, particularmente para nós petistas, porém, mais do que as pesquisas o que interessa agora é a campanha de rua que começa a crescer pelo lado do PT. E a preparação dos programas de rádio e TV, dos debates, do programa do governo Haddad a ser apresentado aos paulistanos. Afinal, como diz a pesquisa, a TV vai decidir esse embate.

Para acompanhar mais dados sobre a pesquisa leiam o post Pesquisa aponta uma série de reveses na campanha de José Serra publicado no sábado. 

Link:

http://www.zedirceu.com.br/index.php?option=com_content&task=view&&id=15877&Itemid=2

Nenhum comentário: