Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 14 de julho de 2012

Presidenta Dilma: "“Uma grande nação deve ser medida por aquilo que faz pelas suas crianças e adolescentes'!

A polêmica frase sobre o tamanho de uma nação e seu PIB
Publicado em 13-Jul-2012
Image 

“Uma grande nação deve ser medida por aquilo que faz pelas suas crianças e adolescentes. Não é o Produto Interno Bruto, é a capacidade de o país, do governo e da sociedade, de proteger o que é o seu presente e o seu futuro, suas crianças e adolescentes”.

A declaração é da presidenta Dilma Rousseff ao participar, nesta 5ª feira (ontem) da 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, iniciada dia 11 pp. e que vai até amanhã, em Brasília. Em seu discurso, aplaudido efusivamente por uma plateia formada em sua maioria por jovens e adolescentes, a presidenta mencionou programas sociais do seu governo e apontou boas perspectivas para o futuro.

No encontro com os jovens, a presidenta anunciou um programa voltado para a educação, a construção de 60 mil escolas de ensino fundamental e médio em turno integral. Na conferência houve, também, o lançamento de parceria entre o governo (Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República) e os ministérios públicos federal e estaduais para a proteção de crianças e adolescentes contra a violência.

No emprego, Brasil tem melhor situação do que países em crise

Mas, o interessante é que a exploração maior da mídia, e as discussões hoje, verdadeira polêmica, giram em torno dessa declaração da chefe do governo, de que o tamanho de uma nação não se mede por seu PIB.

Nesse trecho de seu pronunciamento a governante brasileira se ateve à realidade: lembrou que mesmo crescendo 2% - se esse índice se confirmar -, nós vamos distribuir renda, com aumentos reais de salários e avanços nos programas sociais, nas políticas públicas de saúde e de educação, no saneamento e habitação e no combate à pobreza.

Além do fato de que vamos criar 1 milhão e 700 mil empregos neste ano, um pouco abaixo, é verdade, da média de 2 milhões/ano criados nos últimos 10 anos de goveno Lula e 1º de gestão dela. Mas, um avanço em relação aos países em crise onde em alguns, como na Espanha, por exemplo, o desemprego na população economicamente ativa chega a 26% e dobra (vai a 52%) entre os jovens de 15 a 24 anos.

(Foto: Antonio Cruz/ABr)

Link:

http://www.zedirceu.com.br//index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=1&Itemid=106

Nenhum comentário: