Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Grande Mídia fabrica uma derrota eleitoral inexistente para o PT!


* PT  administrará o maior contingente de eleitores do país (1/5 do total) e a maior fatia de orçamentos municipais (22%)**

Cinturão vermelho: PT vence em Guarulhos, Santo André, Mauá, Jundiaí (obs: vice do prefeito eleito do PCdoB), S.José dos Campos, Osasco e São Bernardo do Campo** 

PT governará 45% do eleitorado do Estado de SP; contra 19,3
% do PSDB.

ÍDIA RUMINA  LÍQUIDOS BILIARES

Depois de patinar durante 24 horas sem achar o rumo, o dispositivo midiático conservador tenta transformar o desastre ferroviário que foi a derrota em SP "numa onda oposicionista que mudou a cara do poder no Brasil", conforme a esforçada manchete da Folha desta 3ª feira. 

A manchete inclui a marca do jornalismo Folha, cada vez mais ancorado em 'pegadinhas' à altura dos petizes que brincam nesse taquinho de areia tucano. 

Desta vez, o jornal induz o leitor ao erro de considerar 'oposicionista' como de oposição ao governo federal e ao PT. Na verdade, trata-se de grosseira manipulação de reviravoltas locais em que oposições venceram prefeitos e seus candidatos.

 Aos fatos:

 a) o PT foi o partido que fez o maior número de  prefeitos (15) em cidades grandes, com 200 mil a um milhão de habitantes; 

b) o PT vai governar 25% do eleitorado nesse segmento; 

c) juntos, os partidos da base federal, PMDB, PSB e PDT, fizeram outros 20 prefeitos nessa categoria das grandes cidades; 

d) vão governar 26% desse eleitorado. 

Os petizes da Folha & associados dedicam-se ainda a cambalhotas mentais para induzir o leitor a 'enxergar' como foi horrível o desempenho do partido, 'se excluirmos', dizem eles, a 'vitória isolada' em SP.

 Em eleições anteriores, o esforço era para decepar o Nordeste 'atrasado' do mapa da crescente hegemonia do PT. 

Agora, é a vez de seccionar a própria jugular paulistana, que reúne 6% da demografia nacional e 11% do PIB.

(Carta Maior; 3ª feira/30/10/2012

Nenhum comentário: