Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Ibope/SP: Uma pesquisa estranha! - por Marcos Doniseti!

Ibope/SP: Uma pesquisa estranha! - por Marcos Doniseti!

A mais recente pesquisa do Ibope apontou os seguintes resultados:

Russomanno 27% (34%);
Serra 19% (17%);
Haddad 18% (18%);
Chalita 10% (7%).

Essa pesquisa Ibope mostrou um dado que é, no mínimo, muito estranho. 
E por um motivo muito simples: O Datafolha mostrou que Haddad é a segunda opção de voto de 27% dos eleitores de Russomanno (pesquisa do dia 10 de Setembro).
Daí, quando o Russomanno despenca 7 pontos, o Haddad não ganha nada, nenhum ponto sequer?
Brincou, né?
Vejam a informação no site do próprio Datafolha:
No grupo de eleitores que tem Russomanno como primeira opção, 27% votariam em Haddad caso não pudessem optar pelo nome do PRB, enquanto 20% escolheriam Serra, e 17%, Chalita.
Na pesquisa Datafolha do dia 18 de Setembro, Haddad continuou sendo a segunda opção de voto preferida dos eleitores de Russomanno. 
Vejam isso:
Caso não votassem em Russomanno, 28% de seus eleitores optariam por Haddad, 27%, por Serra, e 13%, por Chalita. 
E a própria pesquisa do Ibope diz que a maior queda de Russomanno foi em regiões da capital paulista onde o voto no PT sempre foi muito forte. 
Vejam isso:
Celso Russomanno, candidato do PRB à prefeitura de São Paulo, que apesar de 
seguir liderando as pesquisas, vem perdendo votos nas mais recentes, cai mais em 
zonas petistas. 
De acordo com a última pesquisa Ibope, encomendada pelo jornal O Estado de 
S.Paulo e TV 
Globo e divulgada nesta quarta-feira, o candidato do PRB despencou 10 pontos em 
áreas famosas por apoiarem o PT desde meados de setembro, passando de 40% para 
30%.



Russomanno cai 7 pontos em uma semana, 28% dos seus eleitores tem em Haddad a sua segunda opção de voto, a queda mais acentuada do candidato do PRB se dá em regiões tradicionalmente petistas da cidade e Haddad obtém os mesmos 18% da pesquisa da semana passada?
Fala sério, vai...

Nenhum comentário: