Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 7 de outubro de 2012

Os colunistas políticos da Grande Mídia e as suas análises ridículas!

Os colunistas políticos da Grande Mídia e as suas análises ridículas! - por Marcio Valley, do blog do Nassif



Vários repóteres, colunistas e blogueiros vinculados à grande imprensa vaticinaram, num tom sério e demonstrando muita propriedade, que o julgamento do mensalão iria derrubar o PT nessas eleições. 

Também afirmaram que a mística do Lula de eleger postes havia acabado, pois o Haddad não teria folêgo para superar Russomano e Serra. Nenhum deles se preocupou em fazer previsões sobre os demais partidos, aparentemente considerando que somente o PT sofreria uma rejeição acachapante do eleitorado. 

Pois bem, apurados os votos constata-se que o PT foi o único dos grandes partidos que cresceu em relação às eleições de 2008, seja no número de prefeituras eleitas no 1º turno (607 nessa contra 550 naquela), seja em prefeituras que disputará o 2º turno (20 em 2012 contra 15 em 2008).

Também pode crescer, e muito, no número de votos recebidos e no tamanho da população a ser governada pelo PT, a depender dos resultados do 2º turno. 

O PSDB, por outro lado, ainda que ganhe em todos os municípios nos quais concorrerá o 2º turno, governará cerca de cem municípios a menos e somente governará mais pessoas se ganhar em São Paulo. 

O DEM foi reduzido à metade em número de prefeituras e a um terço no tamanho da população sob seu governo. 

O PMDB perdeu quase duzentas prefeituras e depende dos resultados do 2º turno para receber o número de votos de 2008. 

O PTB de Roberto Jefferson caiu de 410 para 292 prefeituras e o PDT de 351 para 304. O PPS continua diminuindo e, de 129, agora tem 119 prefeituras. O PSD de Kassab virou um partido de respeito, ganhando mais de 400 prefeituras em sua primeira eleição municipal. Dos pequenos, o PSB cresceu signtificativamente, saindo de 308 para 427 prefeituras. 

Os partidos ideológicos crescem, com o PSOL começando a surgir no mapa eleitoral como uma promessa para o futuro e o PV passando a governar 93 município e podendo chegar a 95 no 2º turno. 

E o poste Haddad vai para o 2º turno com grande chances de vencer, dada a imensa rejeição de José Serra. 

Aparentemente a grande imprensa precisa, de forma urgente, contratar novos repórteres, colunistas e analistas políticos, pois os atuais são praticamente cegos em relação à realidade política do país. 

Não acertam uma só previsão.

Link:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/ultimo-datafolha-x-dados-reais?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Um comentário:

Apelido disponível: Sala Fério disse...

Eles pensam que ainda estão lidando com o mesmo povo dos idos de 64, quando era bem mais fácil manipular as massas e conseguir apoio para golpes e impor a nós seus governos de extrema-direita ou os que se dizem 'liberais' mas são de fato a favor da liberdade de poucos. Hoje temos nossa mídia!
Visite também meu bloguinho para charges e comentários sobre mídia e poder, além de temas diversos: http:salafehrio.blogspot.com.br

Aquele abraço!

http://4.bp.blogspot.com/-k-ihAejRUgg/UJdNzZUl24I/AAAAAAAAAP0/Jc_q-KPwgQo/s1600/PAPEL+DA+M%C3%8DDIA.GIF