Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 21 de outubro de 2012

Plínio de Arruda (PSOL): O importante é derrotar Haddad!


Plínio de Arruda: O importante é derrotar Haddad pra não fortalecer Lula e a esquerda ferida de morte e ressentimento - por Maria Frô, do seu blog, 21/10/2012


Em Belém o PT declarou apoio ao PSOL convocando seus filiados a votar no candidato Edmilson Rodrigues. 

Em São Paulo, o PSOL pra variar só um pouco chamou seus filiados para o voto nulo (fez o mesmo em 2010), mas alguns de seus políticos fazem campanha explícita para Haddad porque tem a clareza que é o melhor candidato. 

Jean Wyllys é um deles e mesmo antes da decisão de seu partido para o segundo turno Jean me disse que apoiaria Haddad. Jean se antecipou até mesmo à entrada de Malafaia na campanha de Serra para fazer o serviço sujo que é peculiar nas campanhas deste candidato.

Mas eis que tenho o desprazer de tomar conhecimento desta declaração de Plínio de Arruda:

Ela está entre as coisas mais bizarras que preferiria nunca ter lido na vida.

Tenho um profundo respeito pelo Plínio, já contei aqui que quando o vi velhinho, fraquinho, debilitado em 2010 fazendo campanha no Sarah de Brasília, me dirigi até ele para dar um abraço, me emocionei, apresentei-o para minha mãe dizendo: ‘mãe, aqui tem 80 anos de luta’.

Plínio, Erundina são figuras que sempre lamentei  a saída do PT.

Questionado por vários, incluindo psolistas, após declaração tão estapafúrdia, Plínio declarou-se amigo de Serra e disse votaria nulo (o que não faz o menor sentido com a frase de Plínio destacada acima, ou que faz todo sentido para esse nulo do PSOL sempre que há um candidato petista disputando com um candidato reacionário).

Não me importa a amizade de Plínio  com Serra desde antanho. Tenho amigos no espectro da direita conservadora, eles defendem a sua classe, simples assim, respeito-os mas isso não me impede de olhar a minha cidade e ver o quão caótica ela está e certamente Plínio sabe que esta cidade tem direito de ser governada por um prefeito com uma história política de grandes realizações no MEC (foram 40 políticas públicas na educação durante a gestão Haddad) com um projeto político progressista, com plano de governo que um amplo espectro da sociedade civil apóia. 

O ressentimento e arrivismo desta parcela da esquerda anti-petista parece não ter limites, é patológico o ódio que ex-petistas têm do partido que de algum modo ajudaram a construir. É patológico o ódio que destinam a Lula enquanto este é verdadeiramente amado pelo povo brasileiro. Eu espero nunca ver Erundina expressar algo tão bizarro.  Ninguém da esquerda que se preze pode correr o risco de repetir a mesmas falas esquizofrênicas da direita mais cruel deste país que bate ponto na Veja.

Lamentável, caro Plínio, lamentável.

Em Salvador  um terço dos desiludidos vão trazer de volta o Carlisimo, o DEM de Arruda, flagrado enfiando dinheiro em meias, sacos de papel, paletó, de Agripino Maia, este horror do tempo da ditadura militar, de Demóstenes Torres, a caricatura deste discurso moralista contra a corrupção, alimentado pelo chefe de quadrilha do crime organizado, Carlinhos Cachoeira.

Que me desculpem os desiludidos, mas não enxergar diferenças expressivas nos dez anos dos governos petistas no Brasil não é só cegueira não, tem algo de patológico neste discurso mantra de “Mensalão”, “Mensalão”, “morte ao PT”, especialmente, quando a ap470 (vulgo mensalão) é julgada por um ministro da Suprema Corte, que deveria ser o guardião do Estado de Direito, da Constituição, afirma que a Ditadura foi ‘um mal necessário’.

Quanto a mim que não sou petista, nunca fui filiada, tenho críticas sim ao PT e aos governos petistas nos quais votei e nunca me furtei de fazê-las, não tenho dúvidas de que lado tenho de ficar quando na minha cidade Serra e seu projeto totalitário está na disputa ou um membro do clã ACM ‘grampinho’ Neto anti-cotas sai do devido esquecimento para reinstalar o Carlismo em Salvador: é 13, sem medo de ser feliz. É 13 porque tem políticas públicas voltadas para os mais pobres. É 13 porque não se faz política com o fígado.  

É 13 porque é com nossa força e pressão que governos progressistas avançam. É  13 porque TODOS OS MOVIMENTOS SOCIAIS NA HORA H APÓIAM CRITICAMENTE O PT. É 13 porque simplesmente esse discurso do ódio, irracional do caricato Reinaldo Azevedo não pode ser levado a sério e jamais deveria ter qualquer ressonância na voz da esquerda, mesmo aquela esquerda ferida de morte de tanto ressentimento.

________________

Link:

http://mariafro.com/2012/10/21/plinio-de-arruda-o-importante-e-derrotar-haddad-pra-nao-fortalecer-lula-e-a-esquerda-ferida-de-morte-e-ressentimento/


Meu Comentário!

E depois eu sou obrigado a ler, nas redes sociais e blogs afora, membros do PSOL dizendo que o PT é que é um partido conservador... Haja hipocrisia!!!


Nenhum comentário: