Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 18 de novembro de 2012

Brasil intensifica expansão agropecuária na China!


Brasil intensifica expansão agropecuária na China - do Vermelho


Hoje nós temos uma nova China que precisa de produtos melhor processados e uma das estratégias do Brasil é exportar mais esses produtos, como lácteos, carnes e produtos agropecuários de maior valor agregado, assim como a inovação e a tecnologia agropecuárias, em vez de produtos primários, disse a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a senadora Kátia Abreu, nesta quinta-feira (15).


A senadora do Brasil fez estas declarações nesta quarta-feira (14) no âmbito da cerimônia de abertura do escritório de representação da CNA em Beijing, evento que o embaixador do Brasil na China Clodoaldo Hugueney também participou.

O Brasil é muito grande com uma variedade de produção enorme e o escritório em Beijing pode desempenhar um papel de plataforma para unir todas as cadeias de agronegócios brasileiros na China a fim de facilitar os compradores, segundo Kátia.

Ela afirmou que, de acordo com as estátisticas brasileiras, os produtos brasileiros mais vendidos na China são complexo de soja, frango e açúcar, cujas participações no mercado chinês correspondem a 38%, 82% e 99%, respetivamente.

O desempenho do café brasileiro no mercado chinês é surpreendente, cujo consumo aumentou 386% entre 2002 e 2012, assinalou.

Segundo ela, devido ao desenvolvimento da China e à política do país que encoraja a concentração no consumo interno e no gasto das famílias, o mercado chinês tem uma tendência a consumir mais alimentos processados.

Estima-se que para 2016, o consumos de complexo de soja, frango e carne suína do mercado chinês registre aumentos de 67%, 55% e 42%, respectivamente, disse.

O embaixador do Brasil na China, Clodoaldo Hugueney, indicou que já existem três estabelecimentos para exportar alimentos para a China que concluíram o processo de liberação de licença da Administração Geral da Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena da China (AGSQIQ).

Kátia também introduziu a Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA), modelo brasileiro que garante a qualidade dos produtos agropecuários exportados, que abrange todas as fazendas do Brasil e através da qual, os compradores podem consultar todas as informações sobre os produtos agropecuários exportados do país. Esta plataforma de garantia de qualidade será apresentada para os representantes da AGSQIQ, acrescentou.

Fonte: Rádio Internacional da China


Link:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=198967&id_secao=1

Nenhum comentário: