Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Pesquisa revela 70% de aprovação a Hugo Chávez na Venezuela!


Pesquisa revela 70% de aprovação a Hugo Chávez na Venezuela - do Vermelho


Uma pesquisa realizada em janeiro pela empresa Grupo de Investigação Social, Século 21 (GIS-XXI), da Venezuela, revelou que o apoio à gestão do presidente desta nação, Hugo Chávez, está em 70%, o que indica que sua aprovação aumentou 10 pontos percentuais em um mês.  


O diretor da GIS-XXI, Jesse Chacón, disse nesta quinta-feira (14), em entrevista à estatal Venezuelana Televisión (Vtv), que o apoio à gestão de Chávez “subiu mais 10 pontos, ainda que [o presidente] não estivesse no país, em relação a dezembro”, quando viajou a Havana, capital cubana, para uma cirurgia. 

Chacón ressaltou que esta é a valoração mais alta que um presidente recebeu desde 2006, e isso se deve a uma “grande conexão entre o presidente e grandes setores da população venezuelana.” 

Considerou também que nestes últimos meses, “quem teve o comportamento adequado foram os líderes do chavismo, aos líderes do chavismo a situação foi proveitosa, para a união. Ao contrário, os que pior atuaram foram os líderes da oposição; os venezuelanos legitimaram o TSJ, porque passamos a um novo momento histórico, longe do país onde quatro pessoas faziam a interpretação da Constituição; nossa Constituição é letra viva, legitimada, estudada.”

O representante da GIS-XXI indicou ainda o estudo também prova a existência de “uma legitimidade sobre a decisão do Tribunal Superior de Justiça”, que aumentou o período de governo permitido ao presidente para terminar sua recuperação em Havana, já que “63% está de acordo com ela”.

Frente a situação vivida no país, Chacón explicou que o “povo estudou a Constituição. Ela diz que a soberania, o poder é do povo” e que “se algo este país alcançou, foi um nível de maturidade política elevado.”

Com TeleSUR


Link:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=205958&id_secao=7


Nenhum comentário: