Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

terça-feira, 5 de março de 2013

Para presidente do BC, resultado do PIB confirma 'gradual recuperação'!

Para presidente do BC, resultado do PIB confirma 'gradual recuperação'

Por: Vitor Nuzzi, Rede Brasil Atual - Publicado em 01/03/2013


São Paulo – O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou que o resultado do PIB divulgado hoje (1º) pelo IBGE “confirmou a gradual recuperação da atividade econômica no segundo semestre do ano passado”, período em que a alta anualizada foi de 2%, ante 0,8% na primeira metade de 2012. 

“A demanda doméstica continuou sendo o principal suporte da economia, como sugerem, pelo lado da oferta, o desempenho do setor de serviços; e, pelo da demanda, o do consumo das famílias, que tem sido estimulados pela expansão moderada do crédito, pela geração de empregos e de renda”, disse o presidente do BC.

Leia também:
“É importante destacar a retomada dos investimentos no quarto trimestre, bem como a tendência de que sejam impulsionados pelos estímulos introduzidos na economia e pelas perspectivas de que o ritmo de crescimento em 2013 será bem superior ao observado em 2012”, acrescentou o presidente da autoridade monetária.

Segundo ele, o atual ciclo de crescimento tende a continuar nos próximos anos, mesmo com um ambiente interno ainda “complexo”. Isso deverá ser garantido pelos “sólidos fundamentos e um mercado interno robusto (que) constituem um diferencial da economia brasileira”.

Link:

Nenhum comentário: