Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

domingo, 14 de abril de 2013

Pesquisa de boca de urna dá 54% para Maduro e 46% para Capriles!


Pesquisa de boca de urna dá 54% para Maduro e 46% para Capriles

A margem de erro é de 1,5 a 2,5%, para mais ou para menos. Foram entrevistadas 1,4 mil pessoas

Candidatura de Maduro representa a continuidade da Revolução Bolivariana, que está acima de pessoas e depende, essencialmente, da continuidade de políticas que beneficiam aos trabalhadores e aos mais pobres.



O presidente interino da Venezuela, Nicolás Maduro, tem oito pontos de vantagem sobre o candidato da oposição, Henrique Capriles, na eleição deste domingo (14/04), de acordo com boca de urna da consultoria ICS (International Counsulting Services). Segundo a sondagem, divulgada às 16h de Caracas (17h30 em Brasília), 54% declararam ter votado em Maduro, enquanto 46% em Capriles.

A pesquisa, não oficial -- a divulgação de boca de urnas é proibida na Venezuela --, ressalta que até as 15h, 68% dos eleitores já haviam votado. A diferença entre os candidatos pode crescer, sublinha o estudo, pois a maioria dos que ainda não votaram deve escolher o candidato chavista. A margem de erro é de 1,5 a 2,5%, para mais ou para menos. Foram entrevistadas 1,4 mil pessoas nos 23 Estados venezuelanos. 

O chefe do comando de campanha Hugo Chávez, Jorge Rodriguez, afirmou que 13,5 milhões de pessoas já foram votar e convocou chavistas a sair as ruas para exercer o voto -- ainda restam duas horas para as urnas fecharem na Venezuela. 

Link:


Meu Comentário!


Se o resultado dessa pesquisa de boca-de-urna, mostrando Maduro 54% X 46% Capriles, se confirmar, então o resultado será virtualmente semelhante ao da eleição em que Chávez derrotou Capriles, em 2012. Isso mostra que Maduro conseguiu manter o chavismo unido em torno da sua candidatura. 

Após a morte de Chávez, Capriles e a oposição apostavam que os chavistas iriam se digladiar, provocando a desintegração do movimento. 

O resultado comprova que isso não aconteceu.

Viva Chávez! Avante, Maduro!

Nenhum comentário: