Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

terça-feira, 4 de junho de 2013

Governo cria rede de inovação tecnológica para a agropecuária!

Governo cria rede de inovação tecnológica para a agropecuária

04/06/2013 - 14h56 - Danilo Macedo e Thais Leitão - Repórteres da Agência Brasil
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (4), durante anúncio do Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014, que o governo está criando uma rede de educação profissional e de inovação tecnológica envolvendo as universidades federais, as escolas técnicas, a Embrapa e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), gerido pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).
“Vamos elevar a competitividade da nossa agricultura construindo uma relação muito importante, fruto de parceria entre o ministério da educação, a Embrapa e a CNA, construindo uma rede de educação profissional e inovação tecnológica. Com isso, iremos dar um grande reforço na formação técnica e profissional”, disse a presidenta Dilma durante discurso.
Após a cerimônia, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que a rede foi desenhada para as regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, que produzem mais da metade da safra de grãos do país e estão recebendo várias obras de infraestrutura logística. “Serão vários institutos federais, que estão sendo desenhados dentro do arco norte, todos em função da logística que está sendo construída: as estradas de ferro, as rodovias, as hidrovias”.
O ministro disse que a rede vai “alavancar” o Programa Nacional de Apoio ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em 2011 com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, e formar mão de obra qualificada, de acordo com as necessidades de cada região produtora.
Entre as áreas escolhidas para o início do projeto estão irrigação e agricultura de baixo carbono em Gurupi e Formoso do Araguaia, no Tocantins; agricultura de precisão e cana-de-açúcar em Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso; pecuária de corte em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul; agricultura de precisão em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia; e silvicultura de espécies nativas e pecuária em Santarém, no Pará.
Edição: Beto Coura
Link:

Nenhum comentário: