Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Haddad abre planilhas do sistema de transportes de São Paulo na internet!

Haddad abre planilhas do sistema de transportes de São Paulo na internet - por Eduardo Maretti, da Rede Brasil Atual, 11/07/2013

Remuneração de concessionárias e cooperativas somou R$ 15,8 milhões de reais no primeiro dia do mês de julho. Transparência é uma das reivindicações do Passe Livre
São Paulo – A remuneração bruta das concessionárias que operam os ônibus de São Paulo no dia 1° de julho foi de R$ 10.851.173,28, enquanto a das cooperativas chegou a R$ 4.989.692,79. No total, a soma da remuneração do sistema chegou a R$ 15,8 milhões de reais em um dia, o que projeta a remuneração das operadoras do sistema em R$ 474 milhões por mês e R$ 5,7 bilhões por ano. Os dados constam de planilhas que a prefeitura de São Paulo coloca à disposição a partir de agora no site da Secretaria Municipal de Transportes (SMT), com dados detalhados sobre a remuneração diária dos contratos de concessão e permissão do sistema de transporte público da capital.
“Essas informações têm um volume de detalhes muito maior do que era publicado usualmente desde 2002. Optamos por ampliar o grau de informação para fornecer para a cidade, para a comunidade, um grau de informação que nos possibilite fazer um debate mais qualificado”, diz o diretor de Gestão Econômico-Financeira da SPTrans, Adauto Faria.
A transparência nos gastos do setor de transporte era uma das reivindicações do Movimento Passe Livre, que realizou em junho manifestações que resultaram na revogação do aumento da tarifa de transporte público e no cancelamento do edital de concessão das linhas de ônibus da cidade.
Agora, os dados vão ser publicados todos os dias, no quinto dia útil após a operação. Por exemplo, as informações de hoje serão colocadas à disposição no próximo dia 18 e as já divulgadas se referem às operações dos dias 1°, 2 e 3.
As informações são discriminadas separadamente por concessionária (ônibus comuns) e permissionárias (cooperativas). A cidade é loteada em oito áreas por consórcios de empresas de transporte, assim como por cooperativas.
As concessionárias transportaram 4,5 milhões de pessoas no dia 1°, uma segunda-feira, enquanto foram 3,4 milhões os usuários das cooperativas. No total, 7,9 milhões utilizaram o sistema público de transportes da cidade.
A remuneração das empresas é feita por número de passageiros transportados e varia de R$ 2,07 a R$ 2,73. A diferença entre o valor da tarifa e a remuneração é subsidiada pela prefeitura. Se, por exemplo, um usuário da empresa que recebe R$ 2,07 por passagem pega duas conduções, a empresa vai receber R$ 4,14, enquanto o passageiro vai desembolsar R$ 3, usando o Bilhete Único. A diferença, R$ 1,14, vem de subsídio.
Se, pelo contrário, o cidadão pega apenas um carro, a diferença entre a tarifa paga (R$ 3) e a remuneração à empresa (R$ 2,07), de 93 centavos, será usada como parte das verbas de remuneração do conjunto das empresas.
Os dados podem ser consultados no site da Secretaria Municipal de Transportes.

CPI

Hoje, uma comitiva de vereadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes da Câmara Municipal visitou o Tribunal de Contas do Município (TCM).
O objetivo, segundo o vereador Paulo Fiorilo (PT), presidente da CPI, foi "formalizar colaboração junto ao TCM para que todas as informações relacionadas ao tema sejam disponibilizadas à Câmara". Segundo ele, os vereadores solicitaram ao TCM a possibilidade de serem designados técnicos do tribunal para auxiliar os trabalhos do Legislativo.
Link:

Nenhum comentário: