Frases para não se esquecer!

"O que ameaça a Democracia é a fome, é a miséria, é a doença dos que não tem recursos para enfrentá-la. Esses são os males que podem ameaçar a Democracia, mas nunca o povo na praça pública no uso dos seus direitos legítimos e democráticos.". - Presidente João Goulart, em 11/03/1964.

Joseph Pulitzer: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma."

"O sigilo não oferecerá nunca mais guarida ao desrespeito aos direitos humanos no Brasil"

(Presidenta Dilma Rousseff, ao sancionar a criação da Comissão da Verdade)

Emiliano Zapata: “Mais vale, homens do Sul, morrer de pé que viver de joelhos!”

sábado, 23 de julho de 2016

Projeto de Escola Fascista ('Escola Sem Partido') quer criar geração de burros apáticos! - Marcos Doniseti!

Projeto de Escola Fascista ('Escola Sem Partido') quer criar geração de burros apáticos! - Marcos Doniseti!
E a qualidade de ensino, não tem importância?
O sujeiro defende 'Escola Sem Partido' (o que a lei atual já prevê... Sempre foi proibido fazer propaganda político-partidária na escola), mas não quer nem saber de reivindicar:

1) Salários decentes para os profissionais da Educação, que estão entre os que menos ganham entre as categorias profissionais que possuem Ensino Superior;

2) Salas de aula com no máximo 20 alunos, a fim de se dar um atendimento individualizado ao mesmo, melhorando o seu nível de aprendizagem;

3) Recursos humanos adequados para administrar a Escola (direção, secretaria, inspetores, segurança, limpeza, merenda);

4) Recursos materiais e didáticos necessários para que se possa fazer um bom trabalho (uso da Intenet banda larga, TV/Vídeo, bons livros didáticos, entre muitos outros);

5) Respeitar a Constituição e a LDB, que garantem a liberdade de manifestação, de ensinar e de pesquisar dos Professores;

6) Ensino Público Gratuito, Universal e de Qualidade.

Por que será que os defensores do projeto de Escola Fascista (chamado também de 'Escola Sem Partido') não pedem nada disso, hein? 
Entenderam, agora, qual é o objetivo do projeto de Escola Fascista (chamado de 'Escola Sem Partido')?. 
Afinal, qual é a conexão entre o Golpe Neoliberal e o projeto de Escola Fascista ('Escola Sem Partido')?

Simples:

Os Golpistas tiram os direitos dos trabalhadores (as reformas trabalhista e previdenciária do Temer estão aí para isso mesmo) e quem poderia esclarecer a população a respeito deste processo (os professores, é claro, já que a Grande Mídia jamais fará isso) será devidamente silenciado.

Isso fará com que a Escola Pública se transforme numa Fábrica de Burros que impeça as pessoas de pensarem livremente e possam desenvolver um senso crítico em relação à realidade em que vivem e, também, que não a levem a questionar essa realidade e muito menos a querer modificá-la. 

E daí teremos aquilo que a Burguesia Escravocrata mais deseja: 

Transformar um povo inteiro num bando de burros de carga, que trabalhe como jumento, ganhe uma miséria, sem direito a nada e que jamais venha a desenvolver a capacidade crítica necessária para que possa se mobilizar e se organizar em defesa dos seus interesses.

Feito isso, bastará revogar a Lei Áurea e adotar um novo AI-5. 

E o processo estará completado. 
Resumindo. 

4 comentários:

ADU disse...

Eu apoio esse projeto. Vocês estão fazendo muita bagunça por nada. Se o mundo com o resto moralidade que possui está assim, imagine se esse lixo de ideologia de gênero fosse aprovada. Preferem ver seus filhos de 6 anos aprendendo sobre sexo do que estudando para ser alguém na vida.

Marcos Doniseti disse...

1) Apoia? Então, você apoia um projeto de caráter Fascista;

2) Desde quando defender a liberdade de manifestação do pensamento, bem como a liberdade de ensinar, pesquisar e de opinar dos professores é fazer 'muito barulho por nada'?

Isso é discurso fascista;

3) Quem ensina imoralidade em nosso país é a Rede Globo, com as suas novelas imundas, que só mostram as pessoas sendo canalhas e desonestas umas com as outras.

Porque vocês não fazem um projeto para punir a Rede Globo por mostrar tanto lixo imoral (traição, mentiras, desonestidade, canalhices entre membros de uma mesma família) em suas novelas nojentas?

Com a Rede Globo vocês não mexem, né? É mais fácil destruir a liberdade dos professores, certo?

Haja hipocrisia e covardia da parte de vocês!

4) O que você entende por 'ideologia de gênero' é, de fato, reconhecer que as mulheres devem desfrutar dos mesmos direitos que os homens, o que, aliás, é garantido pela Constituição.

Somente você e os ignorantes que apoiam esse projeto mentiroso e fascista do 'Escola Sem Partido' que não sabem disso.

Será que você também pensa, tal como o Bolsonaro, que existem mulheres que merecem ser estupradas?

Você é a favor do estupro e da prática da violência contra as mulheres?

5) Quer dizer que você prefere que seus filhos e filhas aprendam sobre sexo com os amigos e amigas, nas ruas, sem receber qualquer tipo de orientação qualificada?

E depois você não sabe porque temos tantas adolescentes engravidando precocemente em nosso país, né? E também não sabe porque ocorrem tantos estupros em nosso país, certo?

6) Se os autores desse projeto Fascista estivessem, mesmo, preocupados com a educação, vocês não iriam querer destruir com a liberdade de opinar dos professores (o que é inconstitucional), mas dariam prioridade para melhorar a qualidade da escola pública em nosso país, exigindo soluções para os seguintes problemas:

1) Salas de aula superlotadas;

2) Baixos salários dos profissionais da educação;

3) Inexistência de planos de carreira para os professores;

4) Escassez de professores (são mais de 300 mil vagas não preenchidas em todo o Brasil, devido ao caráter pouco atrativo da carreira: baixos salários, condições de trabalho ruins);

5) Infra-estrutura insuficiente e inadequada das escolas;

6) Falta de recursos materiais e humanos adequados (funcionários insuficientes);

7) Violência na escola;

8) Uso de drogas por alunos;

9) Ofensas, agressões (morais e físicas) e das humilhações a que os professores e outros profissionais da educação são submetidos.

Todos estes são problemas enfrentados diariamente, já há muitos anos, pelos profissionais da educação de todo o país.

E o que os fascistas que defendem o projeto do 'Escola Sem Partido' tem a dizer a respeito de tudo isso? Nada.

O Brasil jamais será um país desenvolvido enquanto não construir um sistema de educação pública e gratuita de qualidade.

Somente fascistas que defendem o 'Escola Sem Partido' que não sabem disso.

A guy with a random name that ́s called Bob. disse...

Características Fascistas: Ultra-Nacionalismo, Coletivismo, Estado totalitário, Controle estatal da economia, Corporativismo.

Marcos Doniseti disse...

Ultra-Nacionalismo: Correto. Mas não é só isso. O Fascismo também é Racista, Militarista e Imperialista.

Coletivismo: Errado. No Fascismo não predomina a vontade da coletividade, mas de uma Elite que se considera mais forte, inteligente e melhor do que os outros e que impõe a sua vontade ao povo. E dentro dessa elite há um 'Duce' ou 'Fuhrer' que concentra todos os poderes em suas mãos. Mais individualista do que isso é impossível.

Coletivismo seria exatamente o contrário disso, ou seja, uma sociedade onde não haveria elites e nem hierarquias sociais, políticas, econômicas e culturais e todos desfrutariam de condições de vida semelhantes, não existindo mais qualquer tipo de desigualdades. É isso que os Comunistas e Anarquistas defendiam.

Estado Totalitário: Parcialmente Correto. O próprio Mussolini confessou que desejava isso. Mas entre o que foi falado por ele e o que foi feito existiu uma grande diferença. Na prática, ele teve que dividir o poder com outros segmentos poderosos da sociedade italiana (Igreja Católica, Latifundiários, Exército, Burguesia Industrial e Financeira).

Atualmente existem autores que contestam a própria existência de sociedades totalitárias e que rejeitam o conceito de Totalitarismo. Afinal, mesmo Hitler ou Mussolini nunca desfrutaram de apoio total de seus povos. Para tentar conseguir isso, tiveram que silenciar e aniquilar a oposição, mas nunca conseguiram atingir o seu objetivo de criar uma sociedade Totalitária.

Controle Estatal da Economia: Ficção Científica. Na Alemanha Nazista a economia permaneceu inteiramente nas mãos do setor privado. Nada foi estatizado por Hitler: terras, indústrias, comércio, bancos. Tudo permaneceu nas mãos dos Capitalistas, que financiaram Hitler e apoiaram o Nazismo.

Corporativismo: Tem origem medieval, sendo originário das Corporações de Ofício Artesanais da Idade Média. O Positivismo do século XIX já defendia, bem antes do Fascismo, a criação de uma sociedade Corporativista. Getúlio Vargas, por exemplo, era um Positivista que defendia o Corporativismo, mas nunca foi um Fascista, embora admirasse certos aspectos do regime Fascista.

Logo, ele é muito anterior ao Fascismo, que adotou o Corporativismo, mas não o inventou. Na Alemanha Nazista, por sua vez, nunca existiu Corporativismo nenhum.